Menu
segunda, 18 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Ministro da Infraestrutura autoriza R$ 160 milhões em obras no Estado

10 agosto 2021 - 08h28Redação

Em visita a Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira (9), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, autorizou obras de R$ 160 milhões em rodovias nas regiões de Dourados, Rio Verde de Mato Grosso e Jardim. Ele ainda inaugurou a reforma e ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Campo Grande, que custou R$ 40 milhões.  

Ao entregar e anunciar os investimentos, Tarcísio Freitas destacou sintonia com o Governo do Estado na execução de projetos estruturantes para Mato Grosso do Sul. “Um trabalho de muita parceria com o governador Reinaldo Azambuja e seu secretariado”, afirmou o ministro, que pontuou também a cooperação do legislativo federal na destinação de recursos de emendas de bancada para obras em todo Estado. 

Em Mato Grosso do Sul, Ministério da Infraestrutura e Governo do Estado trabalham em conjunto na implementação da Rota Bioceânica (ligação rodoviária entre Porto Murtinho e o Chile); na recuperação da Malha Oeste (linha ferroviária entre São Paulo e Mato Grosso do Sul, passando por Três Lagoas, Campo Grande e Corumbá) e na modernização da infraestrutura aeroportuária de Bonito, Campo Grande, Coxim, Dourados e Três Lagoas. 

Para o governador Reinaldo Azambuja, a união de esforços dos governos estadual e federal proporcionará uma transformação logística a Mato Grosso do Sul nos próximos. “A harmonia do trabalho vem direcionando recursos para obras estruturantes em Mato Grosso do Sul, que melhoram o desempenho da nossa logística e geram empregos e oportunidades. Quando construímos essas parcerias, estamos atendendo as pessoas”, defendeu. 

R$ 160 milhões para rodovias 

Duas ordens de serviço assinadas pelo Ministério da Infraestrutura vão garantir um reforço de aproximadamente R$ 160 milhões em obras necessárias para o transporte rodoviário no Mato Grosso do Sul. A primeira delas, de R$ 41,4 milhões, permite as obras da Travessia Urbana de Dourados, na BR-463, vai melhorar o acesso ao aeroporto regional da cidade. 

Já a segunda garante a elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia, bem como a execução das obras de implantação e pavimentação, de 55,53 quilômetros do Lote 4 da BR-419 - entre Rio Verde de Mato Grosso e Jardim. O investimento do Governo Federal será de R$ 118,5 milhões. 

Modernização do Aeroporto de Campo Grande 

Considerado uma das principais portas de entrada para o Pantanal, o Aeroporto de Campo Grande passou por obras de reformulação que foram inauguradas nesta terça-feira (9): teve a sala de embarque ampliada em 178% e a capacidade de passageiros em 80%. O prédio que recebia até 2,5 milhões de passageiros por ano agora poderá atender a 4,5 milhões de viajantes no mesmo período. Os investimentos chegaram a R$ 40 milhões. 

 

Informações do Portal do Governo de MS

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Reunião com prefeito
Energisa promete 'fim do apagão' em bairros de Campo Grande até quarta
Impressionante
Moto Titan com débitos de R$ 107 mil é aprendida em blitz do Detran-MS no fim de semana
Prevenção
Atendimento noturno para coleta de exame preventivo vai até 29 de outubro
Educação
IFMS prorroga novamente inscrições para ensino técnico integrado
Golpe no Centro
Casal é preso com mais de R$ 2 mil em notas falsificadas
Confronto
Dois dos presos em briga na parte alta estavam feridos por pedradas e garrafadas
Prisão
Homem é preso após invadir e roubar escola no centro
Serviço
Veículos com placa final 0 tem até dia 31 para quitar licenciamento
Crime
Motorista de aplicativo é sequestrada e tem carro roubado; dois dos assaltantes foram presos
Capital e Chapadão do Sul
SAD divulga abertura de Processo Seletivo da Agepan

Mais Lidas

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá