Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Mesmo antes de finalizar, dezembro já é o mês mais letal da pandemia até agora

30 dezembro 2020 - 11h19Portal do Governo de MS

O ano de 2020 está próximo a encerrar com a marca negativa de 2,3 mil mortes por coronavírus em Mato Grosso do Sul, como mostra o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), do Governo do Estado, desta quarta-feira (30).

Nas últimas 24 horas 30 mortes foram registradas no Estado, com vários municípios na lista de óbitos como: Japorã, Anastácio, Iguatemi, Naviraí, Dourados, Corumbá, Maracaju, Três Lagoas, Ponta Porã, Caarapó, Bela Vista, Coxim e Juti, sendo uma morte em cada cidade. Em Campo Grande, foram contabilizadas 16 vítimas da doença e duas em Dourados.

“Falta apenas um dia para fechar o mês de dezembro, mas já podemos afirmar que é o mais letal desde o início da pandemia. Dezembro, até o dia de hoje, temos 505 mortes, superando a primeira onda, que chegou tardiamente em MS, julho e agosto, com 480 óbitos”, ressalta o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende.

No Estado, 1.581 exames deram positivos em apenas 24 horas, somando 132.431 casos confirmados deste o início da pandemia. De acordo com a SES, 115.155 pessoas estão recuperadas da doença até o momento. “Nossa média móvel ultrapassa mil casos por dia”, afirma Resende.

Em recuperação, 14.313 estão em isolamento domiciliar. Além disso, 663 estão hospitalizadas, sendo 350 em leitos clínicos e 313 em estado mais grave, internadas em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Dos pacientes dos leitos clínicos, 225 estão no SUS e 125 na rede privada. Já na UTI, 219 estão na rede pública e 94 na rede privada.

A situação do comprometimento de leitos em Mato Grosso do Sul segue complicada.  Na macrorregião de Campo Grande, a ocupação global de leitos UTI/SUS é de 103%, sendo que o excedente da capacidade representa pacientes em leitos Covid-19 ainda não habilitados pelo SUS, mantidos pelas secretarias municipais e estadual de saúde.

Segundo o Boletim Epidemiológico de hoje, em Dourados, a ocupação global é de 83%; em Três Lagoas, de 68% e em Corumbá, de 75%.

Prosseguir

Christine Maymone, secretária adjunta de Saúde, anunciou, durante a live de hoje, que os dados do Prosseguir, que medem a classificação de risco dos municípios de MS, estarão disponibilizados no Painel Mais Saúde, disponível no site https://www.coronavirus.ms.gov.br/.

 

Foto: Edemir Rodrigues

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida