Menu
quinta, 23 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Mercadorias apreendidas pela Receita são doadas de imediato ao município

14 agosto 2020 - 09h56Gesiane Sousa

Os produtos perecíveis apreendidos pela Receita Federal nesta quarta-feira (12) , aproximadamente 20 toneladas segundo estimativa da Receita, foram doados a secretaria de Assistência Social do município de Corumbá em caráter imediato no dia seguinte, quinta-feira (13). As mercadorias estavam em carreta, que tentava travessar a fronteira para Bolívia com documentos adulterados.

Entre os itens doados estão 5.000 kg de frango, 3.360 kg de pele de suína, 400 kg de linguiça, 75 kg de calabresa, 960 kg de mortadela e 412 kg de salsicha.

Para a receita Federal, a perecibilidade dos produtos obrigava rapidez na doação para que fossem entregues às famílias carentes o mais breve possível neste momento de emergência em saúde pública e consequentemente dificuldade econômica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prevenção
Iniciada vacinação contra raiva em Ladário
Crime Ambiental
Promotoria de Porto Murtinho investiga desmatamento ilegal em Mata Atlântica
Infraestrutura
Ministro garante a reativação da ferrovia Malha Oeste
Violência Doméstica
Homem é preso após enforcar a ex no bairro Guaicurus
Corumbá
Inscrição e atualização do Cadastro habitacional inicia segunda (27)
Trabalho Conjunto
Operação Fronteira Legal apreende produtos de descaminho em hotéis de Dourados
Óbito
Irmãos são esfaqueados e o mais velho morre no caminho do hospital
Cidade
Incêndio consome vegetação próxima ao Mirante da Capivara
Cidade
Árvore de grande porte cai sobre casa na avenida Rio Branco
Proposta
Mutirão da vacina deve aplicar 275 mil doses contra Covid em sete dias

Mais Lidas

Denúncia
Carretas impedem tráfego de veículos na BR 262
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Investigação
MPF cobra Santa Casa de Corumbá sobre uso de recursos federais na pandemia