Menu
quinta, 06 de maio de 2021
Governo - O Estado que cresce - Maio
Geral

Mel com pimenta representará agricultura familiar de MS nas Olimpíadas

17 abril 2016 - 10h05Correio do Estado
O sabor agridoce do mel com pimenta será a aposta sul-mato-grossense para surpreender atletas e turistas durante os Jogos Olímpicos, em agosto, no Rio de Janeiro (RJ). Fruto da agricultura familiar, a receita surgiu do espírito empreendedor de um casal que investe em pimentas e abelhas há oito anos. Maria de Fátima Braz, 42, e Nicanor Antônio Lunardelli, 61, trocaram as carreiras no setor administrativo e jurídico por uma vida mais tranquila com as três filhas na Estância Renascer. Na propriedade em Terenos, a 26 quilômetros de Campo Grande, começaram investindo pelo bicho da seda, pimenta e mel. Treinamento não faltou ao casal, que chegou a perder a produção várias vezes. O bicho da seda, por exemplo, foi deixado de lado conta do restrito mercado de compra. A pimenta teve a plantação mantida, porém foi o mel que abriu novos horizontes depois de curso do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). “Aprendemos a desenvolver alta produtividade nas colméias e passamos a buscar alternativas para agregar valor ao produto. Foi ideia do meu marido juntar as pimentas cumari do Pará com o mel para desenvolver um molho agridoce para saladas e grelhados”, comentou Maria de Fátima, em estande do governo estadual na Expogrande. Para o produto chegar ao consumidor final foram dois anos de pesquisa de qualidade e definição da identidade visual. Desde então a comercialização da empresa Apis Douradaocorre em restaurantes da Capital e pela internet. O sabor do mel seria distinto por haver mata nativa do Cerrado, com cerca de 300 hectares, próximo da estância. Ir para as Olimpíadas era um sonho, concretizado em chamada pública dos ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). O estande será montado em uma das quatro praças do Brasil Saudável e Sustentável, localizadas em pontos turísticos do Rio de Janeiro. Uma das três filhas, de 16 anos, será o apoio nessa aventura. Na contagem regressiva, Maria de Fátima compreende que a responsabilidade traz consigo o desejo de que outros produtores da agricultura familiar também se inspirem a exportar seus produtos.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
MS recebe 50,5 mil doses da Astrazeneca do Ministério da Saúde
GERAL
PMA de Corumbá recebe doação de viatura da Vale para uso na fiscalização no Pantanal
SAÚDE
Prefeitura leva atendimento médico de rotina para o Porto Esperança
POLICIAL
Jovem é preso com 483 unidades de maconha no Cristo Redentor
POLICIAL
PMA apreende mais três tigres d'água em chácara
COVID-19
Vereador reforça necessidade de imunizar trabalhadores do CAC contra a Covid
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em maio podem sacar auxílio emergencial
POLICIAL
PRF apreende mais de 1,5 tonelada de maconha em MS
CIDADE
Vereador solicita informações sobre estágio de projeto de reforma do antigo mercadão
SEMANA NACIONAL DAS COMUNICAÇÕES
Wi-Fi Brasil leva internet a mais de 13 mil pontos remotos do país

Mais Lidas

POLICIAL
Assaltante é preso em flagrante no bairro Popular Velha
CONTRABANDO
PRF apreende carga com prata na BR 262 avaliada em 2 milhões de reais
EDUCAÇÃO
Senac oferece desconto de 30% em cursos EAD em diversas áreas
APOIO A SAÚDE
Vale inicia nova parceria na região com o projeto Ciclo de Saúde Pantanal