Menu
segunda, 12 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Meirelles diz que país deve sair da recessão no primeiro trimestre

02 fevereiro 2017 - 09h44Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (1º) que a economia brasileira deverá sair da recessão ainda no primeiro trimestre de 2017 e que deve registrar crescimento de aproximadamente 2% no quarto trimestre deste ano em relação aos últimos três meses de 2016.

“A nossa expectativa é que, sim, sai da recessão, significando que [a economia do país] crescerá a uma taxa moderada no primeiro trimestre, mas já entra em uma trajetória de crescimento durante o ano e, consolidando isso, nós teremos um crescimento”, disse o ministro em evento organizado pelo banco de investimento Credit Suisse na capital paulista.

Segundo Meirelles, a expectativa do governo é que a recuperação da economia ocorra sem o  “padrão voo de galinha”, de altos e baixos acentuados. “[A expectativa é] o Brasil, durante o correr do ano, entrar em uma rota de crescimento sustentado e sustentável, que significa o seguinte: é importante que nós possamos de fato nos livrar de uma vez por todas desse padrão voo de galinha, o Brasil crescer alguns anos e depois cai o crescimento e entra em uma recessão”, disse.

Para o ministro da Fazenda, o ajuste fiscal e as reformas que estão sendo implementadas pelo governo farão com que o país consiga evitar ciclos acentuados de melhora e queda do desempenho da economia. “Temos que entrar em uma rota de crescimento estável. Tem ciclos econômicos, é normal, é inevitável, mas sair desse padrão de ciclos acentuados de crescimento e queda. E isso vem como resultado da evolução na solução dos problemas fundamentais, do ajuste fiscal”, destacou.

Aos investidores, Meirelles disse que a retomada econômica já é perceptível e que os resultados de desempenho de diversos setores já começam a mostrar que o país está saindo da recessão. “Tirar o Brasil desta crise é fundamental e isso já está acontecendo. Diversos setores já começaram a crescer em dezembro. Automóvel já cresceu, também transporte pesado, relacionado a isso, pedágio de transporte pesado nas rodovias e pedágio de transporte leve. A produção industrial cresceu no mês de dezembro, o que significa que o país já está em um processo de retomada.”

Inflação

Sobre a inflação, Meirelles disse que o índice tende a cair no longo prazo como resultado das reformas promovidas pelo governo, que impedem a expansão fiscal. Ele ressaltou que a economia brasileira vem mostrando mais eficiência e maiores índices de produtividade.

“A questão de segurança jurídica de diversas atividades está sendo endereçada, e também essa questão toda de eficiência e produtividade da economia. Quer dizer, tudo isso faz com que a tendência, a longo prazo, seja uma queda da taxa de juros estrutural da economia e também uma queda da inflação. Não há dúvida de que o Brasil está caminhando para a normalidade”, acrescentou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Novas variantes P1 e P2 em circulação no MS tem maiores índices de contaminação
POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no bairro Maria Leite
GERAL
Sindicato Rural de Corumbá contesta o relatório dos incêndios no Pantanal do MP
SAÚDE
Corumbá inicia a primeira etapa e vacinação contra Influenza
GERAL
Alterações no Código Brasileiro de Trânsito começam a valer
FECHAMENTO DA FRONTEIRA
Comerciantes amanhecem com protesto na Fronteira Brasil-Bolívia
GERAL
Receita adia o prazo de entrega da Declaração de Imposto de Renda
MUDANÇAS NO CTB
Agora, crianças com até dez anos dependem de altura para uso de cadeirinha
GERAL
Carro sai da pista na BR 262 e passageiro fica ferido
GERAL
Acidente deixa condutor de moto ferido no Popular Velha

Mais Lidas

POLICIAL
Marido ameaça mulher, quebra objetos da casa e põe culpa em macumba
POLICIAL
Casal vai para a delegacia após briga no Popular Nova
SAÚDE
Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda
POLICIAL
PM captura foragido e aborda motociclista sem CNH no Guaicurus