Menu
quinta, 04 de março de 2021
Governo do Estado - Campanha de Março
Geral

Mato Grosso do Sul espera receber R$ 350 milhões da dívida

16 julho 2016 - 09h13Correio do Estado

O Governo do Estado pretende securitizar – negociar com bancos ou por meio de emissão de títulos no mercado financeiro – R$ 350 milhões da dívida de R$ 5 bilhões que os contribuintes sul-mato-grossenses tem com o Estado.

Embora o valor do débito dos contribuintes seja elevado, só os RS 350 milhões - que corresponde 7% do total - é considerado recebível e atrairia investidores, por serem mais fáceis de receber.

No Congresso Nacional a tramitação de projeto de lei sobre o assunto ganhou força com a afirmação anteontem (14) dos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, de que irão apoiar este projeto, que já tramita no Congresso Nacional, permitindo a chamada “securitização” de parte da dívida ativa.

De acordo com o secretário adjunto de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Jader Rieffe Julianelli, a aprovação do projeto amplia a possibilidade de negociar os R$ 350 milhões da dívida ativa. “Vai ser mais um instrumento para pacificar a legalidade da transação.”

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Riedel aponta relevância do "Ilumina Pantanal"
BOLETIM COVID
Com mais 24 óbitos, MS contabiliza 3.374 mortes por Coronavírus
ABANDONO
Ladário sofre com descaso e abandono das autoridades municipais
CORONAVÍRUS
Saúde confirma primeiro caso da nova variante do coronavírus em MS
LUTO
Jornalista Jucyllene Castilho morre aos 35 anos em Campo Grande
SAÚDE
Idosos de 77 anos já podem se vacinar contra a Covid-19
SAÚDE
Anvisa diz que vacinas usadas no Brasil são seguras
POLÍTICA
André e Rose lideram 1ª pesquisa para o Governo em eleição 2022
COVID-19
Vereador propõe penalidades para quem não cumprir a ordem de vacinação dos grupos prioritários
CONCURSO PÚBLICO
Técnicos de Enfermagem são convocados em processos seletivos da Funsau

Mais Lidas

GERAL
PMA realiza trabalhos de orientação sobre minhocas em casas de iscas no MS
ABANDONO
Ladário sofre com descaso e abandono das autoridades municipais
INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA
PMA autua morador de Corumbá por transporte ilegal de pescado
GERAL
Reinaldo Azambuja autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil