Menu
quinta, 28 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Marinha se cala e defesa de transexual vai denunciar 5 oficiais por transfobia

03 setembro 2021 - 10h43Campo Grande News

O caso da sargento transexual Alice Costa, que foi afastada da Marinha em Ladário, terá mais um desdobramento. Agora, a defesa da militar vai denunciar cinco oficiais por crime de transfobia. 

“Vou denunciar todos que fizeram isso no Ministério Público Militar, por crime de transfobia”, afirma a advogada Bianca Figueira Santos. Ela explica que a denúncia não pode ser levada diretamente à Justiça. “Nesses casos, crimes militares, a gente faz uma representação ao Ministério Público Militar, que faz a investigação, para depois oferecer a denúncia à Justiça”. 

No mês de julho, o juiz federal substituto Daniel Chiaretti, da 1ª Vara Federal de Corumbá, aceitou pedido para que Alice Costa, 31 anos, utilizasse nome, uniforme e corte de cabelos femininos. A militar faz parte da instituição desde 2011. 

A Marinha, por meio da AGU (Advocacia-Geral da União), recorreu ao TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) para derrubar a decisão. O recurso, conforme anotação do desembargador federal Valdeci dos Santos, trouxe conteúdo “perigosamente discriminatório” ao comparar o caso a “admitir o piloto de avião cego e o segurança armado tetraplégico”. A decisão que libera trajes e corte de cabelo feminino foi mantida. 

Contudo, depois da ordem judicial, Alice foi afastada por 90 dias para tratamento de Saúde em decisão administrativa da Marinha. Para a defesa, foi uma manobra para não cumprir a decisão. A advogada comunicou a situação ao juiz federal de Corumbá. O magistrado determinou prazo para que a Marinha explicasse o motivo do afastamento. 

“Em relação à manifestação sobre os motivos que ensejaram o afastamento compulsório da sargento Alice, ainda não se manifestaram, ignorando completamente a decisão do juiz que seu prazo de cinco dias para essa manifestação. O prazo se esgotou na terça-feira, dia 31 de agosto. Ela continua afastada e até agora não sabemos o motivo”, afirma Bianca Santos. 

Já no recurso que tenta derrubar a decisão favorável a militar no Tribunal Regional Federal, a União apresentou contestação. “Dessa vez, sem aquelas analogias esdrúxulas e patologizantes em que comparam a condição transexual com um piloto de avião cego ou um segurança armado e tetraplégico. Na contestação, agora são dois advogados da União que estão no caso. Antes era somente um, aquele que fez as analogias toscas”, diz a advogada. 

Em agosto, o comando do 6º Distrito Naval, localizado em Ladário, informou que o caso se encontra na esfera jurídica. 

Transfobia

No ano de 2019, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que as condutas homofóbicas e transfóbicas, reais ou supostas, sejam enquadrada nos crimes previstos na Lei 7.716/2018  (racismo), que prevê pena de até cinco anos de reclusão. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ronda Policial
Evadido é capturado com trouxinhas de pasta base no bairro Aeroporto
Últimos dias de Pesca Aberta
Operação Dia de Finados da PMA intensifica fiscalização à pesca predatória
Segurança
Vereador busca informações sobre condições atuais do Arthur Marinho
Reconhecimento
Câmara de Corumbá homenageia servidores públicos pelo seu dia
Operação Hefesto
Novos focos de incêndio são identificados em pelo menos três regiões
Reunião na Anatel
Oi promete rota de redundância para descongestionar sinal de internet em Corumbá
Muito Importante
Governo pede atualização do cadastro no SUS para atendimento na Caravana da Saúde
Aviso
Atualização de sistema suspende serviços digitais do governo neste fim de semana
Tempo
Pancadas de chuva marcam últimos dias de outubro em Mato Grosso do Sul
Formalização
Corumbá lança campanha de incentivo ao cadastro de profissionais do setor de turismo

Mais Lidas

Qualificação
Senac Corumbá abre inscrições para cursos nas áreas da informática, saúde e beleza
Apelo Popular
MPT-MS vai investigar assédio moral de gerente que humilha funcionário em Carrefour da Capital
Inicio do Defeso
Última semana para pesca nos rios de Mato Grosso do Sul
Formalização
Corumbá lança campanha de incentivo ao cadastro de profissionais do setor de turismo