Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Andorinha - Linha em Operação
Andorinha - Linha em Operação
Geral

Marinha e Exército brasileiro realizam exercícios militares na Fronteira Sul de MS

29 setembro 2016 - 11h13Redação

A Marinha do Brasil e o Exército Brasileiro, por intermédio do Comando do 6º Distrito Naval e da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira realizarão Operações simultâneas e complementares, entre os dias 5 e 21 de outubro de 2016, na região compreendida entre as cidades de Ladário, Corumbá e Porto Murtinho.  A “Operação Fronteira Sul”, de cunho naval e de amplo espectro, executará todas as atividades operativas inerentes às tarefas do 6º Distrito Naval, as quais tratarão de adestramentos em Operação Ribeirinha; Trânsito com oposição de superfície e aérea; Tiro real de superfície; Defesa contra

Ameaças Assimétricas; Operações de Patrulha Naval; Ações de Inspeção Naval e de Assistência Hospitalar; Levantamento Hidrográfico; e Apoio Logístico Móvel. Para isso, as atividades navais contarão com a participação de dez Navios; quatro Aeronaves, sendo uma Aeronave Super Tucano A-29 da Força Aérea Brasileira, uma aeronave Esquilo HA-1 do 3º Batalhão de Aviação do Exército e dois Esquilos UH-12 do 4º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral; lanchas e viaturas responsáveis pela Segurança da Navegação; cinco embarcações do Exército Brasileiro (EB), totalizando assim o envolvimento de 860 militares. Quanto à segurança da navegação, além do envolvimento da Capitania Fluvial do Pantanal, o Aviso Hidrográfico Fluvial “Caravelas” realizará atualização hidrográfica em 330 km na calha do Rio Paraguai, empregando equipamento de tecnologia de ponta denominado ecobatímetro multifeixe.

A operação será realizada entre os dias 5 e 21 de outubro. Foto: Divulgação

No contexto terrestre, a “Operação Ricardo Franco” será executada pelo Comando da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira (18ª Bda Inf Fron), que conduzirá o adestramento avançado das suas Unidades subordinadas em um ambiente de amplo espectro dos conflitos, no qual serão efetivadas: Operações Ofensivas, Operações Defensivas, Operações de Pacificação, Operações de Apoio a órgãos governamentais, dentre outras. Serão empregadas tropas do 17º B Fron (Corumbá), do 47º BI (Coxim), da 2ª Cia Fron (Porto Murtinho) e da 3ª Cia Fron/FC (Coimbra), além de helicópteros de manobra e de reconhecimento e ataque do 3o Batalhão de Aviação do Exército (Campo Grande). A Companhia de Comando da 18ª Bda Inf Fron e a 18ª Companhia de Comunicações de Fronteira apoiarão o Comando da Brigada.  A Força Terrestre contará com o envolvimento de 1.250 militares. A cidade de Porto Murtinho, o ponto central da Operação, concentrará o maior número de militares e de meios operativos da Marinha e do Exército, onde será executada a Operação Ribeirinha Conjunta, em uma área localizada a 40 km daquele município.  As ações de Assistência Hospitalar, como atendimento médico e odontológico, serão realizadas nos períodos de 8 a 10 e 15 a 17 de outubro, também naquela cidade.  

Em suma, a realização das Operações “Fronteira Sul” e “Ricardo Franco”, contará com relevante sinergia entre as Forças, sendo mais uma oportunidade para o Comando do 6º Distrito Naval e a 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira consolidar a interoperabilidade entre os militares subordinados, adestrar suas tropas, preparar seus meios e realizar ação de presença da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro na região, exercendo diuturnamente a sua capacidade de proteger as nossas riquezas e garantir os interesses da Nossa Gente.

Os Navios envolvidos na Operação estarão abertos à visitação da população nos dias 8, 9, 15 e 16 de outubro, no período de 13h às 18h, na cidade de Porto Murtinho.   A Banda de Música do Comando do 6° Distrito Naval realizará apresentação no dia 8, às 20h, no Teatro de Arena “Astério da Conceição”, e no dia 15 de outubro, às 19h, na Praça de Eventos “José Barbosa de Souza Coelho”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Punição
Multas por incêndio já são mais que o dobro das aplicadas em 2019
Comoção
Assassino da professora Nádia Sol vai a júri popular em outubro
Alerta
Chuva estará mais ácida que o normal após queimadas, dizem especialistas
Saúde
21 de setembro: Dia Mundial do Alzheimer, uma data para conscientização
242 anos
Governo relembra investimentos na infraestrutura e saúde de Corumbá
Obras
IML de Corumbá é reformado com investimento de R$ 295 mil
Atualização Covid-19
MS inicia semana com registro de 7 óbitos e 185 novos casos de Covid
Em Pauta
Técnicas de manejo de fogo são chave para combater incêndios no Pantanal
Educação
IFMS abre inscrições para cursos técnicos integrados ao ensino médio
242 anos
Ato cívico celebra aniversário da cidade e homenageia vítimas da Covid-19

Mais Lidas

World Cleanup Day 2020
Militares da Marinha retiram 1t de lixo da prainha do Porto Geral
Atenção e segurança
Marinha alerta para navegação no rio Paraguai
Nas últimas 16h
Força-tarefa combate incêndios 250 quilômetros a dentro do Pantanal
Vacinação Covid-19
Governo brasileiro confirma intenção de aderir à Covax