Menu
quinta, 06 de maio de 2021
Governo - O Estado que cresce - Maio
Geral

Marinha comemora centenário da aviação naval com exposição do esquadrão de helicópteros

23 agosto 2016 - 10h06Redação
Em Corumbá e Ladário os helicópteros são muito utilizados para resgate de pessoas em regiões de difícil acesso no Pantanal. Foto: Divulgação

Hoje, dia 23 de agosto de 2016, a Aviação Naval completa 100 anos. Em homenagem a esta data especial, o 4º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-4), subordinado ao Comando do 6º Distrito Naval, organizou uma programação com cerimônia militar, estandes com informações de como ingressar na Aviação da Marinha, exposições de aeronaves e materiais. A programação completa está no final da reportagem.

A história da Aviação Naval brasileira iniciou-se em 1916 com a criação da Escola de Aviação Naval (EAvN), na cidade do Rio de Janeiro. O pioneirismo no emprego de aeronaves militares no Brasil, em prol da segurança e do desenvolvimento nacional, contribuiu para o desbravamento das rotas aéreas e em operações de patrulha em defesa do nosso litoral e áreas fronteiriças.

Comando do 6º Distrito Naval

O 6º Distrito Naval orgulha-se de fazer parte do início da Aviação Naval, já que em 10 de novembro de 1932, foi criada a Base de Aviação Naval de Ladário.

O motivo da presença da Aviação Naval no Pantanal, que operou naquela época com cinco hidroaviões modelo “Farey-Gordon” pertencentes à Primeira Divisão de Esclarecimento e Bombardeio, era o conflito entre o Paraguai e a Bolívia pela posse da região do Chaco Boreal, localizada na parte central da América do Sul, próxima aos Andes. A área possuía grande quantidade de petróleo, além de ser crucial devido o acesso ao Oceano Atlântico, pelo Rio Paraguai.

Hidroavião que operou em Ladário na década de 30. Foto: Marinha do Brasil

Em 1941, após o fim dos conflitos entre os países vizinhos, as operações com as aeronaves da Marinha do Brasil foram interrompidas na região, porém, deixando marcas e legados históricos no Complexo do 6º Distrito Naval, tais como: a antiga torre de controle do espaço aéreo, localizada junto ao prédio onde hoje funciona o Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário e uma placa com o título “Rampa de Hidroaviões” preservada no cais da Base Fluvial de Ladário.

Devido à importância estratégica da região para o Brasil e manutenção das fronteiras do território brasileiro, em 1989, decidiu-se pela retomada das operações aéreas na área no Pantanal, fazendo com que a Marinha enviasse para o Comando do 6º Distrito Naval um Destacamento de São Pedro da Aldeia-RJ, dando início ao que se denomina segunda fase da Aviação Naval na região e que perdura até os dias atuais.

Naquela época, após seis anos operando e retomando a experiência sobre as ações aéreas nesta área pantaneira, foi criado, em 16 de maio de 1995, o 4º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, o nosso querido Esquadrão HU-4, com o lema “As Asas da Marinha no Pantanal”, cuja área de jurisdição compreende os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Atualmente a Organização Militar opera com três helicópteros modelo UH-12 – Esquilo Monoturbina.

Ao longo desses quase 84 anos de existência no Pantanal, muitas foram às missões atribuídas a esta Unidade Aérea da Marinha, que brilhantemente contribuiu com o trabalho de excelência executado pela Aviação Naval.

São incontáveis os apoios às Inspeções Navais nos rios das regiões Sudeste e Centro-Oeste; Operações com Navios da Flotilha de Mato Grosso; Operações Ribeirinhas; Operações Conjuntas com o Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Armadas da Bolívia, do Paraguai e da Argentina.

Os helicópteros, que também são conhecidos como “Gaviões Pantaneiros”, têm importantes participações nas atividades da sociedade local, como Missões Humanitárias e de Transporte Aeromédico.

Programação:

- Dia 26 de agosto – Cerimônia Militar Centenário da Aviação Naval, no Comando do 6º Distrito Naval;

- Dia 27 de agosto – Exposição de Aeronave e materiais, na Casa do Marinheiro de Ladário (CAMALA), das 9h às 16h;

- Dia 28 de agosto - Exposição de Aeronave e materiais, no estacionamento do anfiteatro do antigo Centro de Convenções Miguel Gomes, localizado à Rua Domingos Sahib, 570, Porto Geral, Corumbá, das 9h às 16h.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
MS recebe 50,5 mil doses da Astrazeneca do Ministério da Saúde
GERAL
PMA de Corumbá recebe doação de viatura da Vale para uso na fiscalização no Pantanal
SAÚDE
Prefeitura leva atendimento médico de rotina para o Porto Esperança
POLICIAL
Jovem é preso com 483 unidades de maconha no Cristo Redentor
POLICIAL
PMA apreende mais três tigres d'água em chácara
COVID-19
Vereador reforça necessidade de imunizar trabalhadores do CAC contra a Covid
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em maio podem sacar auxílio emergencial
POLICIAL
PRF apreende mais de 1,5 tonelada de maconha em MS
CIDADE
Vereador solicita informações sobre estágio de projeto de reforma do antigo mercadão
SEMANA NACIONAL DAS COMUNICAÇÕES
Wi-Fi Brasil leva internet a mais de 13 mil pontos remotos do país

Mais Lidas

POLICIAL
Assaltante é preso em flagrante no bairro Popular Velha
CONTRABANDO
PRF apreende carga com prata na BR 262 avaliada em 2 milhões de reais
EDUCAÇÃO
Senac oferece desconto de 30% em cursos EAD em diversas áreas
APOIO A SAÚDE
Vale inicia nova parceria na região com o projeto Ciclo de Saúde Pantanal