Menu
quarta, 14 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
MOBILE - Ambiental MS Pantanal - Aegea
Geral

Mais transparência nos licenciamentos ambientais

22 novembro 2018 - 07h21Ibama

A partir de agora é possível acessar o histórico de licenciamento ambiental de qualquer empresa pela internet e ainda obter informações sobre licenças, procedimentos e legislação referentes ao meio ambiente. Todas essas orientações e dados de processos nas diversas esferas do governo estão reunidas no Portal Nacional de Licenciamento Ambiental (PNLA), lançado recentemente pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (IBAMA).

“Com esse acesso será possível verificar quais empresas estão cumprindo a legislação ambiental e as que não estão. E ainda obter orientações para atender a todas as exigências de cada tipo de licenciamento”, explica a consultora jurídica da área ambiental do escritório Andrade Silva Advogados, Nathália Leite.

Segundo ela, o portal foi criado por meio da Portaria nº 391/2018, do Ministério do Meio Ambiente, com o intuito de facilitar os procedimentos para a concessão de licenças. “O PNLA reúne informações da União, Estados, Distrito Federal e Municípios o que possibilita articulação entre os órgãos licenciadores e fortalece o Sistema Nacional de Informações Ambientais (SINIMA). Além de organizar e agilizar o acesso público, traz mais transparência aos processos e visibilidade positiva para quem cumpre a lei”, destaca Nathália.

De acordo com a consultora, a Política Nacional do Meio Ambiente, por meio da Lei Federal nº 6.938/81, estabelece que todas as atividades efetiva ou potencialmente poluidoras exercidas no país sejam submetidas ao licenciamento ambiental. “Dessa forma, os empreendimentos sujeitos ao licenciamento devem realizar estudos ambientais, seguir os critérios que demonstrem os impactos provenientes das atividades, além de apresentar medidas de mitigação desses impactos e atender a condições estabelecidas pelos órgãos ambientais para a manutenção dessas licenças”, orienta.

Nathália acrescenta que os dados referentes aos licenciamentos ambientais municipais serão integrados pelo ministério em um novo módulo que está em fase de construção.

“Ao disponibilizar procedimentos de licenciamento ambiental, informações e orientações, agregando e compatibilizando as informações ambientais, o PNLA não substitui o sistema do Ibama, nem dos órgãos estaduais e do Distrito Federal. O portal vem somar, e ainda trazer melhor compreensão por parte da sociedade, contribuindo para aperfeiçoar os debates técnicos”, orienta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PM prende homens por tráfico de drogas e apreende 83 tabletes de cocaína
GERAL
Azambuja cobra em Brasília reforço de vacinas para 13 municípios de fronteira
GERAL
Vereador pede flexibilização de medidas que restringe atividades de buffets e salões de festas
GERAL
Visitas em presídios de MS continuam suspensas até 26 de abril
ECONOMIA
Câmara aprova Projeto de Lei que institui REFIS para amenizar crise causada pela pandemia
PANDEMIA
Aprovada abertura de crédito adicional para custeio de 10 leitos para tratamento da Covid
GERAL
Calouros da UEMS serão recepcionados por meio de evento virtual
SAÚDE
Corumbá segue com vacinação Antirrábica
INFRAESTRUTURA
Pavimentação da Frei Mariano e recuperação da Pedro de Medeiros é solicitada na Câmara
INTERNACIONAL
Covid-19: variante britânica não causa doença mais grave, diz estudo

Mais Lidas

POLICIAL
PM prende homens por tráfico de drogas e apreende 83 tabletes de cocaína
GERAL
Após briga, jovem é esfaqueado por padrasto no Centro América
MUDANÇA NO CTB
Nova Lei proíbe substituir prisão por pena mais branda em crimes de Trânsito
POLICIAL
Casal é preso após briga no Loteamento Pantanal