Menu
quinta, 29 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Mais de 300 profissionais da saúde recebem capacitação sobre Gripe H1N1

22 janeiro 2016 - 18h53Gesiane Medeiros
Programada para tarde e noite desta sexta-feira (22), a capacitação para Gripe H1N1, objetiva treinar mais de 300 profissionais da saúde do município, entre eles agentes comunitários, agentes de endemias, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Em entrevista ao Capital do Pantanal, a secretária de saúde do município, Dinanci Ranzi fez algumas considerações, “o município está trabalhando as endemias desde o ano passado, quando fizemos os planos de contingência. A capacitação que acontece hoje já estava programada desde dezembro de 2015. Todos os meses, infectologistas viajam a Corumbá para ministrar palestras sobre diferentes temas, já treinamos nossos profissionais para dengue, chikungunya, leishmaniose, raiva e outras mais”, ressalta a secretária. Após o caso de morte por H1N1 da última segunda-feira, a secretária afirma ainda que as ações de prevenção e conscientização, não apenas para a gripe tipo A, estão sendo reforçadas pelos agentes de saúde que vão de casa em casa em todo o município, “hoje, nossos agentes estão desenvolvendo trabalho no bairro Beira Rio, e quando chegam a uma residência, não focam unicamente em uma endemia, mas sim em todas, orientam aos morados sobre os cuidados que devem ter para diminuir o risco de infecção”, ressalta Dinanci. Uma das estratégias da saúde para alcançar os baixos índices de notificações através da conscientização, é integrar o trabalho do agente de saúde com o de endemias, “ambos possuem a mesma responsabilidade de promoção e prevenção da saúde, queremos fortalecer o trabalho do agente comunitário de saúde apoiando o de endemia, que hoje está enfrentando uma função árdua. Toda a secretaria está empenhada em vencer essa guerra, e tenho certeza de que vamos conseguir”, diz a secretária.Somando os agentes comunitários e os de endemias, ao todo o município conta com um contingente de 280 profissionais aproximadamente, além do apoio das força militar da Marinha, que disponibilizou parte de seus militares para serem treinados a visitar residências e orientar aos moradores quanto aos riscos da dengue, zica vírus e chikungunya, que atualmente encontra-se sob controle na cidade.   Sobre os sintomas Andyane Freitas, uma das palestrantes do dia, afirmou que os sintomas geralmente não sofrem muitas mudanças, “mesmo com a mutação do vírus os sintomas básicos se mantêm , o que agrava é porque as pessoas ainda não estão imunizadas as novas cepas,  por isso, todos os anos as vacinas são refeitas” informa a profissional. Quando um paciente dá entrada em uma unidade de saúde com sintomas de gripe, alguns casos devem der levados com mais atenção, são mais suscetíveis a infecção, “pessoas que possuam outras patologias como hipertensão e diabéticos, crianças com menos de dois anos e idosos, porque são estes, que na grande maioria, podem agravar uma situação de gripe H1N1. Deve-se checar o histórico do paciente e seguir com o protocolo indicado pelo ministério da saúde, desenvolvendo um tratamento hospitalar com tempo oportuno”, explica a médica.   Sobre as precauções A população deve ficar atenta aos cuidados básicos relacionados à doença, “a primeira, mais fácil e barata, é a higienização das mãos, os vírus são transmitidos por contato, devemos lavar as mãos com água e sabão, sempre que utilizarmos ônibus, que formos ao banheiro e passarmos por lugares públicos, evitar ambientes fechados e arejar a casa”, indica a médica Andyane Freitas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Operação Vostok
Polaco volta a MS para depor na PF sobre crimes fiscais
Alerta
Prazos para regularização de infrações, veículos e habilitação voltam a ser cobrados
Após 4 anos parada
Além de produzir energia, usina termelétrica reativada vai gerar empregos e ICMS
Investigação
Acusado ganhava confiança das vítimas para praticar crimes de estelionato
Tempo
Frio ganha força e aumenta chance de geada nesta quinta-feira
Agricultura
Colheita do milho deve sofrer queda de mais de 2 milhões de toneladas
Destaque
MS mantém liderança no ranking da OPAS como melhor Estado que vacina contra Covid-19 no país
Olímpiadas
Tóquio: seleção brasileira vence a Arábia Saudita e avança às quartas
Calendário
Comprovação para a primeira chamada do Prouni termina hoje
Na Capital
Júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"

Mais Lidas

Na Capital
Júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"
Ilumina Pantanal
Projeto leva energia solar para sete municípios e mais de 2 mil famílias no Pantanal
340 vagas
Matrículas para cursos de línguas do IFMS começam nesta quarta (28)
Monitoramento
Ladário sai da bandeira vermelha e volta para laranja