Menu
quinta, 22 de abril de 2021
Andorinha Abril
Andorinha Abril
Geral

Mais de 20 milhões de animais devem ser imunizados contra febre aftosa este ano no estado

29 abril 2017 - 08h46Portal do MS

A campanha de vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso do Sul será lançada terça-feira (2) pelo governador Reinaldo Azambuja. O ato de lançamento será realizado na sede oficial do Circuito de Laço Comprido (CLC) – localizado na  margem direta da MS 010 – Km 2, próximo à Universidade Católica Dom Bosco (UCDB ), com a presença de representantes do setor produtivo, além de lideranças politicas.

Com o slogan “Vacinação garante bons lucros”, a campanha pretende imunizar mais de 20 milhões de animais em todo o Estado, que possui o quarto maior rebanho do País.

Tendo completado, em 2017, doze anos desde o último foco de febre aftosa, Mato Grosso do Sul caminha a passos largos para a mudança de status, resultado da excelência dos serviços da Iagro em consonância com o trabalho realizado pelos pecuaristas que há anos tem tomado medidas sanitárias adequadas e colaborado com as ações do Governo.

Em novembro de 2016, na segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso do Sul, foram vacinados 9.341.401 bovinos e bubalinos, o que corresponde a 99,47% do rebanho envolvido naquela etapa (9.390.820 milhões). 

Mesmo com um consumidor cada vez mais exigente e regras cada vez mais rígidas, o diretor presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, afirma que Mato Grosso do Sul está seguro e acompanha os demais Estados com condições reais para uma possível mudança de status.

 Vacinação

Com exceção do rebanho da região do Pantanal – onde os proprietários podem fazer opção por realizar a vacinação em apenas uma das duas etapas, maio ou outubro – todos os animais devem receber a dose da vacina no Estado, que só podem ser adquiridas durante o período estipulado no calendário. A agência mantém veterinários em todos os municípios e disponibiliza também aos produtores o disque-aftosa – 0800 679120 – para esclarecer dúvidas e oferecer orientações.

Região de Fronteira e Planalto

Para os produtores da Região de Fronteira a liberação do sistema para comercialização das revendas teve início em 28 de abril, e se estende até 31 de maio podendo o registro ser realizado de 1º de maio a 19 de junho.

Região do Pantanal

Para os produtores da Região do Pantanal a liberação do sistema para comercialização das revendas teve início em 28 de abril, e a compra e aplicação de 1º de maio a 15 de junho podendo o registro ser realizado de 1º de maio a 30 de junho.

Ainda segundo o diretor presidente, os animais destinados ao abate poderão transitar sem a vacina da etapa vigente até o registro do CT-13 da propriedade. Após este prazo todos os animais deverão estar vacinados.

Serviço

Lançamento da Campanha de Vacinação contra febre aftosa

Terça-feira, dia 2 de maio de 2017, as 8h30

CLC (na Rodovia MS 010 – Km 2, na margem direita, próximo a UCDB)

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte
Coudet salva campeonato do Celta de Vigo e ganha destaque como treinador
JUSTIÇA
181 é ferramenta para denuncia anônima em Mato Grosso do Sul
EDUCAÇÃO
Reforma de escolas municipais é solicitada por vereador durante sessão da Câmara
ESPORTE
Vereador sugere transformar o Marina Gattass em espaço para esportes radicais
LÍNGUA DE SINAIS
Projeto de Lei obriga instituições a disponibilizar intérpretes de Libras na cidade
ECONOMIA
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto
COVID-19
Polícia investiga empresa por fraude em oferta de vacina
CIDADE
Prefeito decreta luto oficial de três dias pelo falecimento de Dom Martinez
POLICIAL
PM de Corumbá prende foragido da justiça e apreende arma branca
POLICIAL
Homem é preso por porte de drogas no bairro Popular Nova

Mais Lidas

POLÍTICA
Câmara aprova projeto de lei que torna escolas serviços essenciais
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção
GERAL
Vereador solicita recuperação da 21 de Setembro, após intervenções da Sanesul
SEGURANÇA
Tiradentes: no dia do patrono das polícias, Governo destaca investimentos na segurança