Menu
terça, 07 de dezembro de 2021
Andorinha Dezembro
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

Mãe denuncia uso de dados da filha com paralisia cerebral para saque de auxílio emergencial

21 junho 2020 - 08h55Midia Max

Uma mãe levou um susto ao perceber os dados da filha, que sofre de paralisia cerebral, como beneficiada que teria sacado o auxílio emergencial, no município de Bela Vista, a 270 quilômetros de Campo Grande. A denuncia, enviada neste sábado (20), relata que a família não solicitou o benefício com o CPF (Cadastro de Pessoa Física) da jovem.

Conforme a mãe, Elessandra Rodrigues de Freitas, a família não havia feito o pedido com os dados da jovem. “Eu que respondo por ela, porque ela tem paralisia. Tentei entrar no portal, consta que o CPF já existe (já está cadastrado), e não entra. Eu solicitei com meu CPF. Ela não anda e nem fala”, disse.

Vale ressaltar que os dados são todos oficiais, e são mantidos pela Controladoria-Geral da União (CGU). O Ministério da Cidadania é responsável pela gestão e base de dados do programa assistencial criado por causa da pandemia do novo coronavírus, que causa Covid-19.Seu nome está na lista, mas não solicitou o auxílio? Veja o que fazer para resolver.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
IFMS convoca para heteroidentificação em seleção de cursos técnicos integrados
Tecnologia
Webinar das Cidades Digitais reúne Prefeituras do MS e Ministério das Comunicações nesta terça
Fiscalização
PMA aplica R$ 17 mil em multas e apreende 47 quilos de pescado no primeiro mês de piracema
Cidadão
Caixa divulga calendário de pagamentos do INSS de 2022
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Serviço Público
Recesso na Assembleia começa no próximo dia 22 e trabalhos retornam em fevereiro
Eleições 2022
Tucanos buscam apoio no MDB e PSD
Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital

Mais Lidas

Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás