Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Mãe de adolescente que matou garoto de 10 anos diz que está sendo ameaçada

16 março 2018 - 08h59Midiamax

A mãe do adolescente de 17 anos responsável pela morte de Vitor Figueiredo Peixin, de 10 anos, em Nova Andradina, procurou a imprensa da cidade para denunciar ameaças que segundo ela, a família tem sofrido desde que o filho foi apontado como responsável pelo assassinato do garoto. Segundo ela, pessoas ligadas a vítima teriam prometido vingar a morte de Vitor.

“Estão ameaçando o meu pequeno de cinco anos e ele não tem culpa de nada. Nem está conseguindo dormir, porque dizem que vão matá-lo para vingar o menino. Meu filho não tem culpa de nada. Não se pode pagar um crime com outro”, disse em entrevista ao site Nova News.

Na tarde desta quarta-feira (14), a mulher que preferiu não ser identificada, acompanhou a audiência de custódia do filho, suspeito de tentar estuprar, enforcar e esconder o corpo de Vitor em um telhado. O menino estava desaparecido desde último domingo (11) e foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (13).

Em entrevista, a mãe do adolescente afirmou que não esperava que o filho pudesse vir a cometer essa infração e que agora, tem medo de que ele seja morto. “Meu medo é que matem ele lá e tenho que estar preparada para o pior. Eu não esperava isso do meu filho e tudo o que peço agora é que não tirem a vida dele”, desabafou.

Segundo ela, outras pessoas podem estar envolvidas na morte do menino. “Com certeza tem mais gente envolvida”, finalizou.

A tentativa de estupro e morte

Ele disse ter atraído o menino oferecendo um tênis quando o encontrou no meio da rua. Ele estava voltando de uma balada, no Distrito Industrial e ia visitar o pai. Vitor o acompanhou até sua casa, próximo ao local onde o corpo foi encontrado. Já dentro da residência, o adolescente tirou as roupas do garoto e tentou estupra-lo, mas o menino passou a gritar e chorar.
Para silenciar o menino, o adolescente o enforcou. Para sumir com o corpo, ele colocou Vitor nos ombros e o jogou em cima de um telhado, onde foi encontrado. Ainda de acordo com o delegado André Luis Novelli, o menino conhecia o pai do adolescente, e por isso, não deve ter se sentido ameaçado.
No celular do adolescente, os policiais encontraram conversas com sua mãe onde falava que tinha matado uma pessoa e que precisaria fugir e se esconder.
Vitor estava desaparecido desde último domingo (11) e foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (13). Ele havia saído de casa para ir até a casa da avó, que mora a algumas quadras do local, já que teria a comemoração de um aniversário em família.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Mais de 30 mortes por coronavírus são registradas em apenas um dia no Estado
Denúncia
Mato, esgoto estourado e lixo tomam conta de Ladário
UTILIDADE PÚBLICA
Sanesul informa que poderá faltar água no bairro Jardim Aeroporto e imediações
Meio Ambiente
Em liberdade e monitorada: onça resgatada em incêndio do Pantanal é devolvida à natureza
POLICIAL
PM prende homem com mandado de prisão após ocorrência de furto de moto no Cristo Redentor
PRORROGADO TOQUE DE RECOLHER
Toque de recolher é prorrogado em Mato Grosso do Sul
EDUCAÇÃO
Enem 2020 tem novidades em acessibilidade
ESQUEMA DE COMBUSTÍVEL
PRF flagra esquema de furto de combustíveis e condutor entregou óleo diesel em Corumbá
GERAL
Prazo para aderir ao Simples Nacional termina em 29 de janeiro
Regime tributário garante o tratamento diferenciado para os pequenos negócios
GERAL
Corpo de Bombeiro atende ocorrência de queda de árvores em residências

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Senai de Corumbá está com vagas abertas para cinco cursos técnicos presenciais e EAD
GERAL
Índios guatós comemoram chegada de internet em aldeia no Pantanal
GERAL
Desconto em cursos do Senac Corumbá vai até o dia 31 de janeiro
MEIO AMBIENTE
Serviço Geológico do Brasil divulga prognóstico para cheia na bacia do rio Paraguai