Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Mãe de adolescente que matou garoto de 10 anos diz que está sendo ameaçada

16 março 2018 - 08h59Midiamax

A mãe do adolescente de 17 anos responsável pela morte de Vitor Figueiredo Peixin, de 10 anos, em Nova Andradina, procurou a imprensa da cidade para denunciar ameaças que segundo ela, a família tem sofrido desde que o filho foi apontado como responsável pelo assassinato do garoto. Segundo ela, pessoas ligadas a vítima teriam prometido vingar a morte de Vitor.

“Estão ameaçando o meu pequeno de cinco anos e ele não tem culpa de nada. Nem está conseguindo dormir, porque dizem que vão matá-lo para vingar o menino. Meu filho não tem culpa de nada. Não se pode pagar um crime com outro”, disse em entrevista ao site Nova News.

Na tarde desta quarta-feira (14), a mulher que preferiu não ser identificada, acompanhou a audiência de custódia do filho, suspeito de tentar estuprar, enforcar e esconder o corpo de Vitor em um telhado. O menino estava desaparecido desde último domingo (11) e foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (13).

Em entrevista, a mãe do adolescente afirmou que não esperava que o filho pudesse vir a cometer essa infração e que agora, tem medo de que ele seja morto. “Meu medo é que matem ele lá e tenho que estar preparada para o pior. Eu não esperava isso do meu filho e tudo o que peço agora é que não tirem a vida dele”, desabafou.

Segundo ela, outras pessoas podem estar envolvidas na morte do menino. “Com certeza tem mais gente envolvida”, finalizou.

A tentativa de estupro e morte

Ele disse ter atraído o menino oferecendo um tênis quando o encontrou no meio da rua. Ele estava voltando de uma balada, no Distrito Industrial e ia visitar o pai. Vitor o acompanhou até sua casa, próximo ao local onde o corpo foi encontrado. Já dentro da residência, o adolescente tirou as roupas do garoto e tentou estupra-lo, mas o menino passou a gritar e chorar.
Para silenciar o menino, o adolescente o enforcou. Para sumir com o corpo, ele colocou Vitor nos ombros e o jogou em cima de um telhado, onde foi encontrado. Ainda de acordo com o delegado André Luis Novelli, o menino conhecia o pai do adolescente, e por isso, não deve ter se sentido ameaçado.
No celular do adolescente, os policiais encontraram conversas com sua mãe onde falava que tinha matado uma pessoa e que precisaria fugir e se esconder.
Vitor estava desaparecido desde último domingo (11) e foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (13). Ele havia saído de casa para ir até a casa da avó, que mora a algumas quadras do local, já que teria a comemoração de um aniversário em família.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Bombeiros
Incêndio urbano atinge vegetação em morraria com difícil acesso
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19
Decisão Popular
Servidores optaram por receber o 13° salário de forma integral em dezembro
Previsão
Sancionada LDO que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Esperança
Taxa de contágio da Covid se mantém abaixo de 0,90 há uma semana em MS
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Tempo
Final de semana continua com alerta para tempo seco em Mato Grosso do Sul
Facilidade
Saúde credencia laboratório e exames podem ser agendados na própria unidade de saúde

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19