Menu
segunda, 12 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Madureira vai às ruas festejar vitória da Portela

02 março 2017 - 09h10Agência Brasil

Após quebrar o jejum de 33 anos sem um título do carnaval carioca, a Portela levou a comunidade às ruas de Oswaldo Cruz e Madureira, na zona norte do Rio, para festejar o título de número 22. A quadra da escola e as ruas no entorno ficaram tomadas de portelenses, eufóricos com o título. Na quadra, gritos de “a campeã voltou”, além do samba deste ano e de canções antigas cantados em coro pela multidão.

Moradora de Bento Ribeiro, a torcedora da Portela Zeni de Oliveira Santos foi à quadra da escola comemorar o título depois de três décadas. “É o juri que tava cego, né? No ano passado ela estava linda, igual a este ano, e não ganhou. Este ano, eles reconheceram. Vim hoje porque é minha escola de coração. Eu tinha de estar aqui. É uma alegria imensa, já ganhei o ano!”, comemorou a aposentada, de 65 anos.

Animada para o desfile das campeãs no sábado, a empresária do ramo de eventos Denise Calixto lembra que desfilou vestida de palhaça na última vez que a Portela ganhou, quando ela tinha 19 anos. Agora, aos 57, Denise saiu na ala da Igreja do Sangue Derramado e já pensa no próximo ano.

“Cada minuto dentro da concentração, até chegar à avenida, foi emocionante. Nós demos o máximo possível para que tudo ficasse como o [carnavalesco] Paulo Barros queria. Sábado, a gente vai dar também tudo. Aí que a gente vai brincar mais ainda o carnaval. Todas as escolas são lindas, a gente sabe o trabalho de todas elas, mas a Portela deu o máximo. A Portela é uma escola tradicional, família, que acolhe todos”, disse.

Emocionado, o presidente da escola, Luis Carlos Magalhães, garantiu aos torcedores que lotaram a quadra que a escola vai retomar a grandeza de outros carnavais, graças ao empenho de seu antecessor, Marcos Falcon, assassinado em 2016.

“O que nós fizemos foi manter a sua equipe, a que você formou e seguir adiante com os seus ensinamentos. Por isso que estamos aqui e vamos alcançar muito mais. Nós vamos ser uma Portela de paz agora, vamos construir novamente, vamos formar passistas como nunca, vamos formar compositores como nunca, vamos formar lideranças como nunca, vamos voltar a ser a Portela que sempre foi a Portela campeã de tantos carnavais”, declarou Falcon.

O último título conquistado pela Portela havia sido com o enredo “Contos da Sereia”, em 1984. Este ano, o tema foi “Quem nunca sentiu o corpo arrepiar ao ver esse rio passar...”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Novas variantes P1 e P2 em circulação no MS tem maiores índices de contaminação
POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no bairro Maria Leite
GERAL
Sindicato Rural de Corumbá contesta o relatório dos incêndios no Pantanal do MP
SAÚDE
Corumbá inicia a primeira etapa e vacinação contra Influenza
GERAL
Alterações no Código Brasileiro de Trânsito começam a valer
FECHAMENTO DA FRONTEIRA
Comerciantes amanhecem com protesto na Fronteira Brasil-Bolívia
GERAL
Receita adia o prazo de entrega da Declaração de Imposto de Renda
MUDANÇAS NO CTB
Agora, crianças com até dez anos dependem de altura para uso de cadeirinha
GERAL
Carro sai da pista na BR 262 e passageiro fica ferido
GERAL
Acidente deixa condutor de moto ferido no Popular Velha

Mais Lidas

POLICIAL
Marido ameaça mulher, quebra objetos da casa e põe culpa em macumba
POLICIAL
Casal vai para a delegacia após briga no Popular Nova
SAÚDE
Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda
POLICIAL
PM captura foragido e aborda motociclista sem CNH no Guaicurus