Menu
domingo, 14 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Lei Municipal reconhece e regulamenta turismo náutico em Corumbá

01 março 2016 - 12h53Gesiane Medeiros
Corumbá é um dos principais destinos para turismo ecológico no Estado, e entre as opções oferecidas aos visitantes, está o Turismo Náutico,  que até então funciona sem regulamentação específica, o que muda a partir de agora com a aplicação da Lei Municipal n° 2.515 de 2 de dezembro de 2015, que reconhece o turismo náutico como uma atividade econômica que deve ser ordenada e regulamentada. Parceiros formaram uma Câmara Setorial para juntos fomentarem a organização e formalização dos operadores turísticos. Além de organizar e formalizar a prática, a Lei tornará possível a aplicação de leis federais que dispõem sobre a segurança da navegação e da salvaguarda à vida humana. A presidente do COMTUR/Corumbá, a empresária Joice Carla Santana Marques, acredita que “através do reconhecimento e regulamentação da Lei, será possível a implementação de boas práticas com foco na sustentabilidade, contribuindo para a preservação dos atrativos e o incremento da comercialização de produtos e serviços turísticos náuticos”.O grupo de trabalho da câmara setorial, presidida pela Fundtur/Pantanal, é composta pela Marinha do Brasil, Fundação do Meio Ambiente, empresas do setor de turismo e cruzeiros fluviais, empresas de turismo náutico recreativo e de passeio, empresas de esporte lazer e recreio e das Marinas e Portos Particulares. No primeiro encontro, realizado na última semana, já ficou decido a iniciação de um cadastramento que vai permitir à Fundação de Turismo dimensionar o segmento, para obter dados e informações para melhoria da gestão do negócio. Segundo a diretora-presidente da FUNDTUR/Pantanal, Hélènemarie Dias Fernandes, “outras regiões do País que dispõem de recursos hídricos com condições de balneabilidade ou propícios à pesca esportiva e à prática do turismo náutico já estão em processo de ordenamento da atividade, prevenindo a segurança e integridade física do turista que vem a cidade, a partir de um ambiente de negócios justo, que credencia o setor, já que Corumbá é tido como o principal destino de turismo náutico do Mato Grosso do Sul”.       Informações obtidas com a assessoria de comunicação da prefeitura municipal de Corumbá

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aumento de Temperatura
Ecoa analisa recuo do fogo no Pantanal e alerta para risco de novos incêndios nos próximos dias
Madrugada
Morador de rua morre em noite com frio de -4ºC em bairro da Capital
Na Capital
MS abre Paralimpíadas Escolares com foco na inclusão e no poder do esporte em transformar vidas
Virtual
Iphan realiza oficina de divulgação do Prêmio Rodrigo no Mato Grosso do Sul
Operação Pantanal II
Forças Armadas montam base avançada para acolher 100 brigadistas no Pantanal de MT
Conscientização
Dia Mundial do TDAH: especialista fala sobre sintomas, diagnóstico e tratamento
Destaque
Senac MS recebe selo 'melhores empresas para se trabalhar' pela segunda vez
Aposta
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 15 milhões
Meio Ambiente
Biólogos tentam salvar fauna ameaçada pelo fogo no Pantanal
Plantão
Bombeiros combatem incêndios em terrenos baldios de Corumbá e Ladário

Mais Lidas

Madrugada
Morador de rua morre em noite com frio de -4ºC em bairro da Capital
Tempo
Sábado amanhece nublado e com termômetros marcando mínima de 10°C em Corumbá
Corumbá tem máxima de 18°C
Publicado em Diário
TJMS reconhece legalidade na cobrança da Taxa do Lixo em Corumbá
Operação Pantanal II
Forças Armadas montam base avançada para acolher 100 brigadistas no Pantanal de MT