Menu
terça, 02 de março de 2021
Governo do Estado - Campanha de Março
Geral

Ladário terá fornecimento de água interrompido nesta quarta

05 julho 2016 - 08h56Gesiane Medeiros

A Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) informou através de comunicado à imprensa, que Ladário terá o fornecimento de água interrompido, por conta de uma manutenção na adutora e troca de um dos registros, que acontecerá entre 6h30 e 16 horas, desta quarta-feira, 6 de julho.

A empresa tranquiliza a população afirmando que fará todo o possível para diminuir o tempo previsto de interrupção do serviço e, que o fornecimento de água será liberado de maneira progressiva. Sobretudo ressalta a importância dos moradores economizarem no uso da água durante a execução do serviço de manutenção, que faz parte do investimento em melhorias planejado pela empresa.

O SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) da Sanesul funciona 24h, gratuitamente, pelo telefone: 0800 67 6010.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SERVIDOR PÚBLICO
PL sobre contribuição previdenciária é tratada em encontro na Câmara
FISCALIZAÇÃO
Operação Preavenire cancela eventos e aborda mais de mil pessoas em Corumbá
BOLETIM COVID
MS atinge a marca de 3.330 mortes por coronavírus
ESPORTE
Estadual de Futebol 2021: Campeão da Série B, Dourados bate Aquidauanense na estreia
POLICIAL
PRF recupera três veículos em caminhão cegonha no MS
POLICIAL
Motociclista sem habilitação desacata policiais e é algemado no Guaicurus
GERAL
Acessos ao Porto Geral fica fechado para evitar aglomerações e brigas
SAÚDE
Corumbá abre hoje vacinação para idosos a partir de 78 anos
POLICIAL
Motorista embriagado bate carro e desacata policiais no Centro
POLICIAL
PM prende homem foragido da justiça por falsa identidade no Centro

Mais Lidas

POLICIAL
Mulher é espancada em Ladário e marido é preso
APÓS DISCUSSÃO
Mulher é empurrada pelo companheiro no viaduto da Treze e fica ferida
POLICIAL
Motorista embriagado bate carro e desacata policiais no Centro
POLICIAL
Jovem com mandado de prisão é preso após violência doméstica