Menu
sábado, 16 de janeiro de 2021
Andorinha - campanha dezembro
Andorinha - Dezembro
Geral

Justiça Federal determina o adiamento da eleição da OAB-MS

13 novembro 2018 - 08h44Sylma Lima

Decisão dá prazo de 24 horas para atual gestão divulgar a lista de advogados aptos a votar, atendendo mandado de segurança impetrado pela chapa 11.

O juiz federal Pedro Pereira dos Santos da 4ª Vara Federal de Campo Grande, deferiu a liminar impetrada pela chapa 11, encabeçada pelo advogado Jully Heyder, obrigando que a atual gestão do presidente e candidato a reeleição Masour Karmouche, divulgue a lista de advogados aptos a votar no Estado para a nova gestão do triênio 2019-2021. Ainda em sua decisão, o juiz federal determinou o adiamento da votação por no mínimo 5 dias.

Historicamente, a Ordem dos Advogados pautada pela igualdade de disputa e nas regras que sempre permearam o pleito, divulgava amplamente o número de advogados aptos a votar, bem como seus contatos para todas as chapas em disputa. Estranhamente na eleição deste ano, a atual gestão que tenta a reeleição e detém a lista completa dos advogados do Estado, se negou a repassar o documento aos concorrentes, tentando garantir vantagem na disputa.

“Estamos evidenciando todos os dias sobre a gravidade da falta de transparência da atual gestão que demonstra estar disposta a tudo para se manter no poder. Um dos atos claros, foi o de cercear o acesso a informação do real colégio eleitoral”, afirma Jully Heyder, que tem entre uma das proposta de campanha garantir a proibição de reeleição na Ordem.

Ainda na decisão liminar, o juiz Pedro Pereira dos Santos, determinou que a Comissão Eleitoral e o atual presidente da Ordem, forneçam, no prazo de 24 horas, a lista de todos os advogados inscritos, com endereço eletrônico do profissional e a informação se o mesmo está apto a votar nestas eleições.

“Com efeito, é do interesse das chapas concorrentes saber quem são os eleitores aptos e neles concentrar os esforços de convencimento de voto”, entendeu o Juiz Federal.

Em outro trecho da decisão, o juiz relata a clara falta de paridade na disputa entre a chapa da situação e os demais concorrentes, “Note-se que essa lista existe e já é de conhecimento da atual administração, uma vez que os trabalhos desenvolvidos pela Comissão Eleitoral são realizados com o auxílio dos serviços das Secretarias do Conselho Seccional e das Subseções”.

Quanto ao adiamento das eleições, o magistrado refuta o argumento que poderia trazer prejuízo a Ordem e afirma que “nada igual ao irreparável causado à instituição se levada adiante eleição eivada dos vícios”, determinando ainda que “as autoridades procedam ao adiamento das eleições por um prazo não inferior a cinco dias”, finalizou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMPREGO
Eldorado Brasil oferece mais de 800 vagas para início imediato
Em Mato Grosso do Sul, são ofertadas novas posições para atuar nas unidades de Água Clara, Inocência e Selvíria
Coronavírus
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
CONCURSO DA PF
Polícia Federal publica edital de concurso com 1,5 mil vagas
POLICIAL
Com facada no coração, rapaz é deixado em frente padaria em cidade MS
SERVIÇOS
Em período chuvoso, saiba como receber alertas da Defesa Civil por SMS
PROCESSO SELETIVO
Sebrae abre processos seletivos com vagas na Capital e interior
São dois editais, sendo um para Pessoas com Deficiência. Salários chegam a R$ 4.802,92
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Povo das Águas atende ribeirinhos da parte alta do rio Paraguai a partir do dia 19
TURISMO
Turismo de MS espera vacinação e já planeja duas campanhas para fomentar o setor
SAÚDE
Decreto reabre crédito de R$ 1,6 bi para aquisição de vacinas
CONCURSO PÚBLICO
Edição extra do Diário Oficial traz editais do processo seletivo para contratação de médico

Mais Lidas

POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no Bairro Cristo Redentor
POLICIAL
Jovem com mandado de prisão em aberto é preso no Loteamento Pantanal
CAMPANHA SAÚDE MENTAL
Janeiro Branco: Profissionais falam da importância de cuidar da saúde mental
GERAL
Energisa inicia Projeto de Eficiência Energética na Base Fluvial em Ladário