Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Justiça eleitoral e comum não se entendem e prejudica candidatura de Alcides Bernal a deputado federal

13 dezembro 2018 - 09h24Sylma Lima

Mesmo com 46 mil votos obtidos para o cargo de deputado federal nas eleições deste ano, o ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal teve seus votos anulados e não computados.

O Tribunal Superior Eleitoral ( TSE) não permitiu a candidatura de Bernal após recurso de decisão no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, que tinha dado ganho de causa a Bernal. Bernal recorreu ao Supremo Tribunal Federal e aguarda decisão sobre a validação dos votos.

A fundamentação do impedimento no TSE da candidatura de Bernal ao cargo de deputado federal foi a cassação da Câmara de Vereadores em 2014.

Justamente esta cassação da Câmara que foi alvo de investigação do Ministério Público Estadual e restou provado que a cassação foi fraudulenta, resultando na denúncia criminal por corrupção contra os vereadores e aceita pela Justiça Comum.

O processo de número 1601825-78.2015.8.12.0000 segue na 6º Vara Criminal de Campo Grande sem prazo para terminar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Em Campo Grande
MDB filia novos membros para juventude do partido
Luto
Armando Anache morre aos 91 anos no Rio de Janeiro
Campanha
Corumbaense pode descartar medicamentos em drive thru nesta quinta (23)
Em Corumbá
Abertas as inscrições para o Festival Internacional de Pesca Esportiva
"Dark Money"
Operação cumpre mandados contra esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres de Maracaju
Só piora
Cinco incêndios urbanos foram registrados nas últimas 24 horas
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Vento Forte
Figueira cai sobre residência e danifica rede elétrica no Loteamento Pantanal

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos