Menu
domingo, 19 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Inscrições para cursos de qualificação do IFMS seguem até fevereiro

24 janeiro 2019 - 08h57Assessoria de comunicação

São mais de 1,5 mil vagas em 14 municípios. Todos os cursos são gratuitos e a seleção será feita por meio de sorteio eletrônico

Seguem abertas as inscrições para 1.596 vagas em cursos gratuitos de Formação Inicial e Continuada (FIC) e Qualificação Profissional do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela Página do Candidato da Central de Seleção até 4 de fevereiro.

Todas as regras do processo seletivo estão disponíveis no edital nº 087/2218, publicado na Central de Seleção do IFMS. O ingresso será ainda no primeiro semestre.

Para concorrer a uma vaga, o candidato deve ter a escolaridade e/ou a idade mínima exigida para o curso pretendido, de acordo com o anexo II do edital de abertura.

 Ao fazer a inscrição, o candidato deve informar o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) em seu nome.

Vagas - Estão sendo ofertadas 1.205 vagas em cursos a distância e 391 na modalidade presencial, nos municípios de Água Clara, Aquidauana, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Pedro Gomes, Ponta Porã e Três Lagoas (ver tabela no final do texto).

A seleção será feita por sorteio eletrônico previsto para 6 de fevereiro.

O resultado, com a classificação de todos os candidatos, será divulgado no dia seguinte. A publicação do resultado final e da primeira chamada está prevista para 11 de fevereiro. As matrículas deverão ser feitas de 13 a 15 do mesmo mês.

Novas chamadas poderão ser feitas, caso haja vagas disponíveis, a partir do dia 19. O início das aulas está previsto para o dia 25 de fevereiro.

Nivelamento - No dia 15 de fevereiro, será aplicada uma prova prática de nivelamento para candidatos que não possuem certificado de conclusão de inglês básico e de espanhol básico.

Deverão fazer a prova os inscritos nos cursos de Inglês Básico II (distância), Inglês Básico Primeira Etapa Nível II (presencial), Espanhol Básico Primeira Etapa Nível III e Espanhol Intermediário Segunda Etapa Nível I.

A prova avaliará as habilidades de compreensão escrita, oral e auditiva, como forma de comprovação de conhecimento básico. O preenchimento da vaga está condicionado à aprovação neste nivelamento.

Formação Inicial e Continuada - Os cursos de qualificação profissional oferecidos pelo IFMS conduzem o estudante à capacitação, ao aperfeiçoamento, à especialização e à atualização profissional, em todos os níveis de escolaridade.

No caso dos cursos a distância (semipresenciais), os estudantes selecionados deverão participar de encontros presenciais, de acordo com o disposto no anexo II do edital de abertura.

O certificado tem validade nacional e habilita o estudante egresso ao exercício profissional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Queimadas
Bombeiros abrem aceiro na vegetação seca para deter incêndios do Pantanal
Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Programação
Criançada aprende a usar cores primárias na oficina do Sesc deste sábado
Retomada
UEMS lança Guia de Retorno de Atividades Presenciais
Salve Vidas
Para repor estoques de O-, O+ e A+ Hemosul da capital abre o dia todo neste sábado
Tempo
Sábado de sol, calor e tempo seco em todo Estado
Tentativa de Homicídio
Adolescente é socorrido com perfuração de bala na coxa

Mais Lidas

Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta