Menu
quinta, 04 de março de 2021
Governo do Estado - Campanha de Março
Geral

Índios que fecham rodovia protestam contra o Governo Federal

06 março 2018 - 12h18José Carlos Cataldi

Índios que bloqueiam a saída de Campo Grande-MS para São Paulo são da Nação Caiuá. Dizem que o Governo Federal não atende a Saúde do grupo e, ainda por cima, impede a missão evangélica, com sede em Dourados-MS de prestar a ajuda, em favorecimento a uma ONG de Minas Gerais que não os atende corretamente.

Depois de produzirem engarrafamento de mais de 4 kms, os manifestantes liberaram meia pista da rodovia BR-163 por cinco minutos. Logo a seguir recolocaram paus, pedras e pneus, fechando toda faixa de rolamento.

O mesmo movimento acontece em Amabaí, Tacuru e Caarapó, por motivo idêntico.

Marcelo Ofave, um dos líderes do grupo que se manifesta na saída para Jaraguari, km 496, diz que o objetivo do protesto é fazer com que o Governo Federal suspenda o chamamento público sobre a saúde indígena, em detrimento de parceria que existe há 90 anos, com a Missão Evangélica Caiuá e com a Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina.

Os índios afirmam que o protesto não tem prazo para terminar.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Riedel aponta relevância do "Ilumina Pantanal"
BOLETIM COVID
Com mais 24 óbitos, MS contabiliza 3.374 mortes por Coronavírus
ABANDONO
Ladário sofre com descaso e abandono das autoridades municipais
CORONAVÍRUS
Saúde confirma primeiro caso da nova variante do coronavírus em MS
LUTO
Jornalista Jucyllene Castilho morre aos 35 anos em Campo Grande
SAÚDE
Idosos de 77 anos já podem se vacinar contra a Covid-19
SAÚDE
Anvisa diz que vacinas usadas no Brasil são seguras
POLÍTICA
André e Rose lideram 1ª pesquisa para o Governo em eleição 2022
COVID-19
Vereador propõe penalidades para quem não cumprir a ordem de vacinação dos grupos prioritários
CONCURSO PÚBLICO
Técnicos de Enfermagem são convocados em processos seletivos da Funsau

Mais Lidas

GERAL
PMA realiza trabalhos de orientação sobre minhocas em casas de iscas no MS
ABANDONO
Ladário sofre com descaso e abandono das autoridades municipais
INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA
PMA autua morador de Corumbá por transporte ilegal de pescado
GERAL
Reinaldo Azambuja autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil