Menu
quinta, 21 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Índices de criminalidade apresentam queda em Mato Grosso do Sul

21 setembro 2021 - 09h45Redação

Os índices de criminalidade apresentaram quedas expressivas em todo o Estado, no período de janeiro a agosto deste ano, em comparação com o mesmo período de 2020. As maiores quedas foram registradas nos crimes contra o patrimônio. 

Na estatística da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) que engloba todos os municípios de Mato Grosso do Sul, o total de roubos caíram de 3.472 em 2020, para 3.043 este ano, redução de -12,4%. 

Também apresentaram reduções em nível estadual os roubos seguidos de morte (-18,2%), os roubos em vias urbanas (-14%), os roubos aos comércios (-12,2%) e os furtos de veículos (-11,9%). 

Em Campo Grande houve redução em 8 dos 12 índices criminais monitorados pela Sejusp. As maiores reduções foram nos casos de feminicídio (-87,5%), com 8 casos no ano passado e 1 neste ano e nos roubos seguidos de morte (-60%), com 5 registros em 2020 e apenas 2 no mesmo período de 2021. 

Na Capital houve queda também nos furtos de veículos (-15,3%), nos homicídios dolosos (-15,2%), roubos em vias urbanas (-13,4%), no total de roubos (-13%), roubos a comércios (-10,5%) e nos homicídios culposos no trânsito (-2,4%). 

Fruto dos investimentos 

Para o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, os números refletem os investimentos maciços em segurança pública, feitos pelo Governo do Estado, tanto em estruturação como em capacitação e valorização dos policiais. 

“Mato Grosso do Sul tem hoje um dos maiores índices de esclarecimentos de homicídios do país, é também o Estado que mais apreende drogas no país e ainda assim apresenta números que são referência nacional, reflexo dos investimentos maciços feitos pelo Governo do Estado”, destaca. 

“Essa redução expressiva observada nos números da criminalidade, certamente é resultado da capacidade, empenho e dedicação incessante dos nossos Policiais Civis no desempenho de suas funções de Polícia Judiciária, da inegável qualidade da estrutura operacional colocada à disposição de nossos servidores, da capacitação e aprimoramento de alto nível, disponibilizados aos nossos profissionais, através dos vários e relevantes investimentos no setor”, afirma do Delegado-Geral da Polícia Civil, Adriano Garcia Geraldo. 

OCOP ajudou na redução 

Para o Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Marcos Paulo Gimenez, a redução na criminalidade violenta em Campo Grande está diretamente ligada aos investimentos, em pessoal e infraestrutura, que propiciaram um aumento expressivo do policiamento nas ruas da Capital, com a implantação do Programa de Obtenção de Capacidade Operacional Plena, o OCOP. 

“Com o OCOP  nós tivemos uma diminuição de 31% no número de chamadas não atendidas pelo 190, conseguimos atender com êxito 64% de todas as chamadas que chegaram ao telefone de emergência da Polícia Militar, tivemos um empenho 30% maior de viaturas e uma queda de 70% das ocorrências fechadas por falta de viatura para atendimento”, relata o Comandante-Geral da PM. 

O OCOP da Polícia Militar recebeu investimentos de mais de R$ 9,6 milhões do Governo do Estado, que entregou para Campo Grande, no mês de julho, 48 novas viaturas semi blindadas, que são rastreadas por GPS, para atender com maior agilidade a população de 37 setores da cidade. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Região Central
PM prender autor de furto e recupera objetos
Outubro Rosa
Bia Cavassa faz doação em apoio a campanha Lenço Solidário
Colônia do Bracinho
Pantaneiro denuncia construção de barragem no Rio Taquari
11.817 mil testes analisados
Estudo da Janssen na região de fronteira mostra eficácia de 50% da vacina e redução de 90% em óbitos
Oportunidade
Inscrições abertas para concurso público de procurador do Estado, com salário de R$ 25 mil
Agenda Política
Presidente Regional do Democracia Cristã visita cidades do interior de MS
Retomada da Economia
Setor de bares e restaurantes aumenta as contratações e retoma movimento
246 quilos de cocaína
Dracco assume investigação da queda do helicóptero do tráfico em Ponta Porã
Dois brasileiros foram presos
Denunciado por participação no roubo de aeronaves em Aquidauana é preso na Bolívia
Imunização
Veja quem pode se vacinar contra Covid em Corumbá nesta quinta e sexta

Mais Lidas

Qualificação
Ministério da Educação anuncia formação para professores da educação infantil
Previsão Meteorológica
Tempo fica firme, mas nova frente fria promete mais chuva para o final de semana
Acidente de Trânsito
Mulher sofre fratura na perna em queda acidental de moto
Destaque
Vereador pede fim do toque de recolher e do uso de máscara em ambientes abertos