Menu
sábado, 25 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Incêndio atinge linha férrea sobre o Rio Paraguai

26 julho 2021 - 11h07Sylma Lima

Equipes do Corpo de Bombeiros empenhados na operação Hefesto, continuam em pelo menos duas áreas especificas da região do Jatobazinho e também na região do Porto Esperança, onde vários focos atingem a área desde a noite de ontem domingo (25). As chamas avançaram sobre a vegetação e chegaram a danificar os dormentes da ferrovia, havia focos até em cima dos dormentes da Ponte Férrea que passa sobre o Rio Paraguai. Localidade de difícil acesso, onde se é possível chegar as chamas somente de barco. 

No sábado (24), as equipes realizaram o combate e extinção de chamas em uma área de morraria nos fundos do Bairro Aeroporto. Foi realizado um sobrevoo de helicóptero com apoio da Marinha do Brasil onde se identificou os focos para em seguida, os Bombeiros agirem no combate.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Bairro Vila Mamona
Funcionários de construção amarram autor de furto e acionam PM
Capital
Presos usam celulares até em banho de sol na Máxima
Flagrante
Dupla é presa por tráfico de drogas na área central de Corumbá
Estava Foragida
Boliviana investigada por desastre da Chapecoense é mantida em Corumbá até extradição