Menu
terça, 26 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

IEL dá dicas de trabalho para quem está de home office

12 fevereiro 2021 - 08h58ASCOM FIEMS

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) mudou a rotina de diversos segmentos da sociedade e muitos profissionais tiveram que reinventar sua metodologia de trabalho. O home office tornou-se uma estratégia eficaz e opção de muitas empresas para garantir a segurança dos profissionais e em contrapartida não prejudicar a produtividade das empresas.

 Levantamento da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) revela que 80% dos gestores das empresas brasileiras aprovam o regime de teletrabalho. De olho nesse novo normal, o IEL, que atua no desenvolvimento dos profissionais, incluiu a capacitação de home office na agenda de treinamentos.

 A primeira dica do Instituto para o profissional que está trabalhando de casa é a compreensão que ele continua com todas as responsabilidades profissionais. De acordo com a coordenadora de desenvolvimento empresarial do IEL, Jackeline Magalhães, o mais importante para o colaborador que está em home office é ter a mesma postura profissional que tem na empresa, com organização e metas.

 “É preciso atenção para as distrações que o conforto de casa pode propiciar, como animais de estimação, afazeres domésticos, filhos e demais familiarizas que geralmente tem uma dificuldade de associar o estar em casa como ponto descanso e atividades em conjunto”, pontuou Jackeline Magalhães.

 Ela completa que algumas dicas são importantes para quem quer atuar em home office, como, por exemplo, buscar um ambiente tranquilo de trabalho, fazer a gestão do tempo, organizar as atividades domésticas e familiares e ter cuidado com a aparência, especialmente para quem participa de reuniões online.

 “Ter um local de trabalho particular, com mesa, cadeira confortável e tranquilidade para trabalhar também ajudam muito nessa modalidade de trabalho”, explicou a coordenadora de desenvolvimento empresarial do IEL.

 A analista técnica Helen Galvão é responsável pelo setor de recrutamento e seleção de empresas e, depois de 1 ano e 8 meses na função, precisou ir para o home office por conta da pandemia, estando trabalhando nesse formato desde março de 2020.

 Segundo ela, no início foi uma experiência desafiadora. “Nos primeiros dias me senti muito perdida, com medo de não estar atendendo as expectativas da Instituição e dos meus superiores, me cobrando bastante. Com o passar do tempo, reorganizei minha rotina, conciliando os diferentes papeis dentro do lar, como o de cuidar do meu filho, fazer as atividades doméstica e trabalhar remotamente” relatou.

Helen Galvão relata que 2020 foi um ano de muitas incertezas e medos, mas, também trouxe aprendizado e esperança. A analista técnica conta que a adaptação profissional foi difícil em um primeiro momento, mas no dia-a-dia ela conseguiu se reinventar.

 “Vivemos em um país caloroso, do contato físico, das confraternizações e comemorações, as quais tiveram que ser zeradas, mas ao passar dos meses fui me adaptando e me redescobrindo, na área profissional isso também aconteceu”, comentou Helen Galvão.

 A analista também garante que houve um aumento na produtividade das atividades profissionais. “Ociosidade não fez parte da minha rotina, e tive um feedback positivo da minha líder, reforçando o meu bom desempenho, está sendo muito satisfatório”, contou.

 As atividades começam as 7 horas e Helen Galvão conta que gosta de fazer um planejamento sempre no dia anterior, inclusive com as funções da casa, a analista tem um filho de 2 anos de idade e concilia a rotina para dar conta de todas as demandas.

 Outro ponto interessante que a analista comenta é sobre os hábitos em casa. “Eu fico com roupas mais confortáveis, exceto em reuniões que me arrumo como se estivesse presencialmente. Ao longo dos dias me adaptei melhor seguindo uma rotina, procuro cumprir minhas 8 horas de trabalho como se estivesse na empresa”, finalizou analista técnica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Nova Corumbá
Foragido é preso com diversos itens suspeitos na mochila
Presente Inesperado
Policiais Militares de Corumbá fazem surpresa em aniversário de criança que sonha em ser PM
Reivindicação
Vereadores pedem retorno das aulas presenciais na Rede Municipal
Representatividade
Sancionada Lei que institui o Prêmio Zumbi dos Palmares em Corumbá
Péssimas Condições
Morte de motorista na BR 262 é mais um alerta para o perigo do tráfego na rodovia
Campo Grande
Casa Rosa: atendimento integrado contra o câncer de mama inaugura em novembro
Ainda sem data
Problemas na aeronave do Exército suspende vacinação contra Covid no Taquari
R$ 9,3 milhões
Cinco bairros são beneficiados por obras no saneamento em Ladário
Parceria
Projetos do IFMS irão transferir tecnologia a escolas públicas
Investimento em Educação
MS recebe mais de R$ 4 milhões do governo federal para expandir Ensino Médio em tempo integral

Mais Lidas

Denúncia
Sem resposta, passageira recorre a rede social para reclamar da Buser
Acidente
Rapaz sofre fraturas após ser atropelado na saída da quermesse em Ladário
Mundo Novo
Jovem é preso por disparos e porte ilegal de arma de grosso calibre
Procurados
Membros do PCC presos na fronteira com MS são entregues à polícia brasileira