Menu
domingo, 19 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Idosa tem crânio afundado ao ser atropelada por motociclista sem CNH

19 abril 2018 - 08h21Kamilla Marques

Às 20:45h da noite desta quarta-feira (19), as viaturas de resgate e salvamento do Corpo de Bombeiros deslocaram até a Rua Ciríaco De Toledo, quase esquina com João B. Couto, Bairro Guanã, onde houve um atropelamento de uma idosa por motocicleta.

No local, foram prestados os primeiros socorros à S.G.S de 76 anos que estava ao solo, inconsciente e apresentava cortes nos cotovelos e mãos, hematoma no olho direito e afundamento de crânio. Após o atendimento emergencial, ela foi direto pro CTI.

O motociclista, I.M.S.M, de 19 anos, apresentava diversas escoriações nos braços e pernas, e foi encaminhado ao Pronto Socorro. Segundo o rapaz, a idosa atravessou a via e não houve tempo de evitar o acidente, ele não possui CNH.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Queimadas
Bombeiros abrem aceiro na vegetação seca para deter incêndios do Pantanal
Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Programação
Criançada aprende a usar cores primárias na oficina do Sesc deste sábado
Retomada
UEMS lança Guia de Retorno de Atividades Presenciais
Salve Vidas
Para repor estoques de O-, O+ e A+ Hemosul da capital abre o dia todo neste sábado
Tempo
Sábado de sol, calor e tempo seco em todo Estado
Tentativa de Homicídio
Adolescente é socorrido com perfuração de bala na coxa

Mais Lidas

Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta