Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Ícones do Pantanal dominam oficina de desenvolvimento de produtos do Senai

27 outubro 2016 - 08h46Redação

No segundo dia de oficinas do 6º Ciclo do projeto Inova Moda, uma iniciativa do Senai de Mato Grosso do Sul em parceria com o Senai Cetiqt, Sebrae/MS e Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação do Estado), realizado nesta quarta-feira (26/10), no CTV (Centro de Tecnologia do Vestuário) do Senai de Campo Grande, as alunas conheceram diversas formas de agregar valor às peças e ganhar mercado por meio da valorização de elementos da cultura regional. 

Com a consultoria da designer de moda do Senai de Goiás, Marlúcia Aparecida dos Santos, as participantes elaboraram croquis de peças com o diferencial de representar ícones de Mato Grosso do Sul. “Para se destacar é preciso representar sua cultura, ter uma diferenciação regional. O consumidor de outros Estados, por exemplo, ao vir comprar aqui quer conhecer os elementos daqui, entender nossa identidade cultural”, afirmou a coordenadora do CTV do Senai de Campo Grande, Hanna Viana, sobre a importância de apresentar às alunas a necessidade de valorizar a cultura regional.

Para entender melhor a identidade sul-mato-grossense, as alunas assistiram vídeos elaborados pelo Sebrae/MS no projeto “Cara Brasileira” para identificar elementos da cultura do Brasil capazes de serem inseridos no mercado de moda. “Existe um leque muito maior do que somente araras e tuiuiús. É possível explorar estampas inspiradas na erva de tereré, em uma planta nativa do Pantanal”, exemplificou a técnica do CTV do Senai de Campo Grande, Sílvia Pasqualotto.

A aluna Helena Buceli afirmou levará para o dia a dia dos negócios o que aprendeu durante a oficina. “O que aprendi hoje me fez abrir a mente para novas perspectivas, repensar a forma de fazer uma coleção”, disse. Estudante de Moda, Rita Maria Arguelho dos Santos comemorou o fato de, em um dia de oficina, ter aprendido mais do que em seis meses de graduação. “Aprendemos aqui o que, de fato, é essencial para ter clientela”, avaliou.

A consultora Marlúcia Aparecida confirmou que esta é uma sensação comum após assistir às aulas. “Trazemos par as oficinas a experiência de chão de fábrica, as necessidades do mercado. Aqui já estabelecemos esta pegada de empresa, enquanto, na faculdade, muitas vezes há um raciocínio criativo que não atende, na realidade, o que o mercado demanda”, explicou.

Programação:

27/10 - 7h30 às 17h30: Oficina de Forma (Ana Karol Melo)

28/10 - 7h30 às 17h30: Oficina de Ficha Técnica (Ana Karol Melo)

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PGE
Vídeo sobre planejamento financeiro está disponível no canal da PGE/MS
SAÚDE
Fiocruz espera ter 'protagonismo' na vacinação em abril com 30 milhões de doses
NOTA MS PREMIADA
Chance de ganhar no Nota MS Premiada é 28 vezes maior do que na Mega-Sena
TRÂNSITO
Capotamento na BR-163 mata adolescente e deixa motorista em estado grave
EDUCAÇÃO
IFMS oferece vagas para portadores de diploma e transferências no Campus Corumbá
SAÚDE
Brasil tem recorde de mortes por covid-19 pelo terceiro dia seguido
ECONOMIA
Acumulada, Mega-Sena sorteia hoje R$ 50 milhões
ECONOMIA
Banco do Brasil ajuda estados e municípios a cobrar impostos via Pix
TURISMO
Fornatur e ABEAR se reúnem para alinhar acordos com empresas aéreas durante pandemia
GERAL
Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas

Mais Lidas

EDUCAÇÃO
IFMS oferece vagas para portadores de diploma e transferências no Campus Corumbá
TRÂNSITO
Capotamento na BR-163 mata adolescente e deixa motorista em estado grave
GERAL
Complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
PESCA
PMA lança e disponibiliza Cartilha do Pescador 2021 com todas regras de pesca