Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Hospital de Corumbá anuncia fim das cirurgias e exames em 28 de janeiro

24 janeiro 2019 - 13h48Sylma Lima

A direção do Hospital Beneficente de Corumbá por meio a Junta Administrativa encaminhou ofício ao governador do Estado Reinaldo Azambuja ( PSDB) informando que a partir de 28/01/2019 irá suspender todas as cirurgias eletivas, os exames de alto e médio custo ( tomografias e colonoscopias eletivas), e encaminhar a outros Hospitais casos de médio e alta complexidade, principalmente aqueles que necessitam de órtese e prótese.

Segundo o comunicado que foi assinado pelo Diretor Técnico Dr. Manoel João da Costa Oliveira, o Diretor Clínico Lauther da Silva Serra e todas as chefias das especialidades médicas do Hospital, serão mantidos somente o atendimento de urgência e emergência até que as condições atuais permitam.

A direção do Hospital justifica tal medida dizendo que o ano de 2018 foi turbulento, com dificuldades no atraso de pagamento e falta de materiais, medicamentos e insumos. Diz ainda que a tendência é piorar diante do aumento do custo do atendimento Hospitalar e que a foi preciso parcelar o pagamento dos médicos.

Justifica ainda o Corpo Clínico do Hospital informando que o Hospital de Corumbá está sob intervenção do Estado e municípios de Corumbá e Ladário desde 2010 e que as dividas do Hospital só tem aumentado. Diz  ainda o comunicado que “ atendemos procedimentos de média e alta complexidade, apresentando resolução de 97% dos casos encaminhados apenas os casos, cujas especialidades não existem na cidade de casos como o ( AVC Hemorrágico, Infarto Agudo do Miocárdio), que necessita de cateterismo mas que, mesmo assim recebem o primeiro atendimento muitas vezes ficam conosco por vários dias por questão de regulação, falta de vagas nos hospitais de referência”.

O comunicado ao governador explica que o Hospital é o único num raio de 420 km da capital atendendo heroicamente a população de Corumbá, Ladário,

Assentamento, Pantanal, turistas e a população da Bolívia, sendo que “ Esta população citada não está sendo contabilizada, pois que hoje subdimensionada pelo Estado e Governo Federal”.

Diz ainda o comunicado que aguarda solução dos problemas “ que necessitam principalmente da atualização dos valores contratualizados pelo Estado e governo federal sem reajuste há mais ou menos 8 anos, vem tornado o hospital inviável”. Acrescenta ainda que o “Hospital não foi contemplado por emenda alguma, ou  aporte financeiro como outros municípios do Estado o foram e continuam trabalhando apesar do não recebimento dos honorários médicos”.

Por fim, o ofício ao Governador também foi encaminhado cópia o Secretário de Saúde Geraldo Rezende, o Prefeito de Corumbá Marcelo Inues, o Secretário de Saúde do Município de Corumbá Rogério dos Santos Leite, aos Procuradores da República Maria Olivia Pessoni Junqueira e Gabriela de Goés Anderson M. T. Câmara, ao Promotor de Justiça Luciano Bordigno Conte, ao Defensor Público Carlos Felipe Guadanhim Bariani, ao Presidente do Conselho Federal de Medicina de MS Alex Fabiano Nametala Finamore e o ao Presidente da Junta Interventora da ABC Maurilio Dionisídio Vedramini Duran.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Bombeiros
Incêndio urbano atinge vegetação em morraria com difícil acesso
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19
Decisão Popular
Servidores optaram por receber o 13° salário de forma integral em dezembro
Previsão
Sancionada LDO que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Esperança
Taxa de contágio da Covid se mantém abaixo de 0,90 há uma semana em MS
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Tempo
Final de semana continua com alerta para tempo seco em Mato Grosso do Sul
Facilidade
Saúde credencia laboratório e exames podem ser agendados na própria unidade de saúde

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19