Menu
quarta, 27 de janeiro de 2021
Senar MS
Andorinha Fevereiro
Geral

Homem espancado na saída de pagode tem perdas de dentes e traumatismo craniano

14 fevereiro 2019 - 09h50Sylma Lima

As 04 :00 h da madrugada a Viatura Resgate dos bombeiros se deslocou até a rua Frei Mariano esquina com Joaquim Murtinho onde um homem estava caído ao solo apos ser espancado. Foi prestado os primeiros socorros a H.P.A.J ,43 anos.

O homem estava inconsciente e apresentava vários ferimentos no rosto, um corte profundo na testa, perda de dentes , otorragia(perda de sangue nos ouvidos) e suspeita de traumatismo craniano .

Após o atendimento emergencial o mesmo foi transportado ao pronto socorro local. Segundo testemunhas o mesmo foi agredido por 3 homens apos sair de uma casa de pagode.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRANSPORTE ILEGAL
ANTT emite nota a pedido do MPF e diz que operação da Buser é ilegal e passível de penalização
PROMOÇÃO DE PASSAGENS
Andorinha disponibiliza passagens promocionais a R$59,90
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Povo das Águas atende ribeirinhos da região do Taquari a partir do dia 30
CONSUMIDOR
Anatel divulga balanço de reclamações em 2020
EDUCAÇÃO
IFMS divulga lista de inscritos para cursos de idiomas em andamento
Candidatos com a inscrição homologada deverão fazer testes de nivelamento de Espanhol, Inglês e Libras. Provas online serão aplicadas entre 1º e 9 de fevereiro
COVID-19
Mato Grosso do Sul registra 582 novos casos de Covid e 9 óbitos
COVID-19
Mais de 1200 pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19 em Corumbá
CULTURA
Prefeitura disponibiliza, na quinta-feira, espetáculo "Conectados" na internet
GERAL
MS participa da 3ª edição de maratona mundial de criação de games
ECONOMIA
Nascidos em dezembro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje

Mais Lidas

DENÚNCIA
Funcionários demitidos do hospital não recebem rescisão trabalhista
ECONOMIA
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
CHUVA FORTE
Temporal em Corumbá causa queda de árvores e alagamentos
MORTE POR COVID-19
Cinco dias após morte do marido, ex-primeira-dama de Dourados não resiste à Covid-19