Menu
segunda, 20 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Homem é autuado por caça de jacaré postada em redes sociais

16 fevereiro 2019 - 09h20Assessoria de comunicação

Policiais Militares Ambientais autuaram no dia 14, um caçador campo-grandense por abate de animal silvestre da espécie jacaré. A equipe da PMA chegou até o infrator devido postagens da caça em redes sociais.

A PMA localizou o endereço do caçador que afirmou ter abatido o animal no mês de janeiro, em uma represa no assentamento Eldorado próximo a Sidrolândia, onde possui um lote. Portanto, devido já ter passado vários dias e o fato ocorrido em local adverso do seu domicílio, não foi encontrado nenhum vestígio da caça.

O infrator (41) residente em Campo Grande, foi autuado por caça ilegal de animal silvestre. Foi autuado administrativamente e multado em R$ 500,00. A pena para o crime de caça é de seis meses a um ano de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Queimadas
Bombeiros abrem aceiro na vegetação seca para deter incêndios do Pantanal
Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Programação
Criançada aprende a usar cores primárias na oficina do Sesc deste sábado
Retomada
UEMS lança Guia de Retorno de Atividades Presenciais
Salve Vidas
Para repor estoques de O-, O+ e A+ Hemosul da capital abre o dia todo neste sábado
Tempo
Sábado de sol, calor e tempo seco em todo Estado
Tentativa de Homicídio
Adolescente é socorrido com perfuração de bala na coxa

Mais Lidas

Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta