Menu
quinta, 21 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Governo paraguaio anuncia convênio com o Brasil para aumentar segurança na fronteira

13 outubro 2021 - 13h22G1 MS

Após os seis homicídios registrados nos últimos cinco dias na fronteira, o governo paraguaio anunciou um convênio entre Brasil e Paraguai para garantir segurança na região. O anúncio foi feito pelo ministro do interior do Paraguai, Augusto Giuzzio, e confirmado pelo secretário de Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp), Antônio Carlos Videira. 

“O comando realizará trabalhos de inteligência e cooperação que possam ser úteis para ambas as forças”, explicou Giuzzio à imprensa paraguaia. 

De acordo com Videira, as tratativas são para ações com a Polícia Federal, na região de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, vizinha a Ponta Porã, para enfrentar o crime organizado. 

“Os detalhes não posso passar, pois as tratativas estão sendo direto com o Ministério da Justiça e a Polícia Federal. Mas toda e qualquer ação que couber aos órgãos da Sejusp que integram ou não a Operação Hórus serão empregadas em apoio às ações a serem desencadeadas pelas autoridades do país vizinho”, explicou o secretário. 

Operação nesta quarta 

Nesta quarta-feira (13), forças de segurança pública estão ocupando os principais pontos da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero. Participam da mobilização equipes do Grupo de Operações Especiais (GEO), Força de Operações Especiais (FOPE) e a unidade tática especial (Hálcon). 

Veículos blindados e policiais estão se deslocando por pontos-chave da cidade para fazer verificações em busca de integrantes de facções criminosas que agem na região. 

Desde o último sábado (9), houve também um aumento da presença de policiais brasileiros na região. Entre os reforços enviados à fronteira estão equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão de Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros), além do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar, Batalhão de Choque e Departamento de Operações de Fronteira. 

"É um reforço sem data de saída. Apoio total às autoridades do país vizinho, para auxiliar na prisão dos autores. Além disso, a Polícia Militar Rodoviária também está reforçando a segurança nas rodovias estaduais daquela região", explicou Videira. 

Vítimas 

Seis pessoas foram executadas nos últimos seis dias na região de fronteira entre Brasil e Paraguai. Entre as vítimas estão: 

  • Hugo Ronaldo Acosta, de 32 anos, policial paraguaio, executado na terça-feira (12). 
  • Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, filha de Ronald Acevedo, governador do estado de Amambay, no Paraguai, executada no sábado (9); 
  • Omar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos. Conhecido como "Bebeto", foi atingido por 31 tiros, no sábado (9); 
  • Kaline Reinoso de Oliveira, de 22 anos. Natural de Dourados, foi morta com 14 tiros, no sábado (9); 
  • Rhamye Jamilly Borges de Oliveira, de 18 anos, morta com 10 tiros, sábado (9); 
  • Farid Charbell Badaoui Afif, de 37 anos, vereador de Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense vizinha à paraguaia Pedro Juan Caballero, morto na sexta-feira (8). 

As policiais paraguaia e brasileira investigam os crimes. 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Região Central
PM prender autor de furto e recupera objetos
Outubro Rosa
Bia Cavassa faz doação em apoio a campanha Lenço Solidário
Colônia do Bracinho
Pantaneiro denuncia construção de barragem no Rio Taquari
11.817 mil testes analisados
Estudo da Janssen na região de fronteira mostra eficácia de 50% da vacina e redução de 90% em óbitos
Oportunidade
Inscrições abertas para concurso público de procurador do Estado, com salário de R$ 25 mil
Agenda Política
Presidente Regional do Democracia Cristã visita cidades do interior de MS
Retomada da Economia
Setor de bares e restaurantes aumenta as contratações e retoma movimento
246 quilos de cocaína
Dracco assume investigação da queda do helicóptero do tráfico em Ponta Porã
Dois brasileiros foram presos
Denunciado por participação no roubo de aeronaves em Aquidauana é preso na Bolívia
Imunização
Veja quem pode se vacinar contra Covid em Corumbá nesta quinta e sexta

Mais Lidas

Qualificação
Ministério da Educação anuncia formação para professores da educação infantil
Previsão Meteorológica
Tempo fica firme, mas nova frente fria promete mais chuva para o final de semana
Acidente de Trânsito
Mulher sofre fratura na perna em queda acidental de moto
Destaque
Vereador pede fim do toque de recolher e do uso de máscara em ambientes abertos