Menu
domingo, 09 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Geral

Governo do Estado socorre ribeirinhos do Pantanal com 18 toneladas de alimentos

14 agosto 2018 - 10h54Silvio Andrade/Secom

Governo do Estado realiza mais uma ação de socorro aos ribeirinhos que foram isolados pela cheia no Pantanal, com a entrega, a partir da próxima semana, de 18 mil quilos de alimentos – 625 cestas básicas de 30 quilos – pela Cedec/MS (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil), além de kits infantil e adulto, de limpeza e higiene pessoal.

Conforme levantamento da prefeitura de Corumbá, cerca de 2.500 pessoas tiveram suas casas atingidas pelas águas do Rio Paraguai, que atualmente inunda as comunidades de Porto da Manga e Porto Esperança, no baixo Pantanal (ao Sul). O Estado e o Município já atenderam, no mês passado, 225 famílias que residem em colônias da região do Rio Taquari.

O material enviado ao Estado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil será distribuído, em parte, aos ribeirinhos fixados na beira do Rio Paraguai, entre Corumbá e Forte Coimbra, totalizando 220 famílias, durante o Programa Povo das Águas, ação social realizada durante nove expedições por ano ao Pantanal pela prefeitura local.

O apoio da União a esta iniciativa do Cedec/MS de socorro aos pantaneiros tem o respaldo do decreto municipal de situação de emergência, acatado pelo Estado e reconhecido pelo governo federal em junho. No mês de maio, no pico da cheia, Estado e Município monitoraram a região atingida e cadastrou as famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica.

Ação conjunta

“O atendimento aos ribeirinhos é uma gestão do Estado, que viabilizou os alimentos e os kits junto à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, reforçando as ações da prefeitura, por meio do Povo das Águas”, destacou o coordenador da Cedec/MS, tenente-coronel Fábio dos Santos Catarineli. Ele adiantou que o Estado ainda fornecerá estoques de medicamentos.

Os 18 mil quilos de alimentos foram enviados a Corumbá e serão redistribuídos às mais de 600 famílias cadastradas em todo o trecho do Rio Paraguai no município. O diretor-executivo da Agência Municipal de Proteção e Defesa Civil, Isaque do Nascimento, informou que parte das cestas básicas será enviada a população do alto Pantanal (região Norte) com apoio da Marinha e Exército.

A expedição do Povo das Águas em atenção exclusiva aos ribeirinhos do baixo Pantanal será realizada de 20 a 25 de agosto. A ação consiste no deslocamento de profissionais das áreas de saúde e assistência social da Prefeitura de Corumbá, em um barco-hotel, com distribuição de alimentos, medicamentos, água potável, colchões e outros itens às comunidades pantaneiras.

A coordenadora do Povo das Águas, pedagoga Elisama Freitas Cabalhero, explicou que esta etapa do programa priorizará os distritos de Porto da Manga, Porto Esperança e Forte Coimbra, incluindo a região do Porto Formigueiro. Além da assistência médico-hospitalar e social, o Município também fornecerá aos ribeirinhos uma cesta de 35 quilos de alimentos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
Pedestre é atropelado por caminhonete, arremessado e corpo encontrado 1h depois em matagal
Várias testemunhas procuraram corpo por cerca de uma hora
SAÚDE
Cruz Vermelha Internacional completa hoje 158 anos
POLICIAL
Idoso de 86 anos morre após ser atropelado e arrastado em Campo Grande
INTERNACIONAL
Pfizer deve produzir 4 bilhões de doses de vacina contra covid em 2022
GERAL
Sábado é o último dia para matrícula para aprovados da UEMS da 4ª convocação
POLICIAL
Polícia Militar Ambiental resgata tucano atropelado em rodovia
SAÚDE
Centro de Atendimento à Covid-19 está funcionando em novo endereço
GERAL
Procon divulga pesquisa de preços com opções de presentes para o Dia das Mães
GERAL
Pequenos negócios são responsáveis por quase 70% dos empregos gerados em março em MS
GERAL
Senac Corumbá oferece opções de cursos nas áreas de beleza e saúde

Mais Lidas

GERAL
Senac Corumbá oferece opções de cursos nas áreas de beleza e saúde
POLICIAL
Pedestre é atropelado por caminhonete, arremessado e corpo encontrado 1h depois em matagal
POLICIAL
Idoso de 86 anos morre após ser atropelado e arrastado em Campo Grande
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Pesquisadores do Estado desenvolvem gel cicatrizante à base de planta nativa