Menu
quinta, 28 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Governo consolida normas que regulam a Segurança de Barragens em Mato Grosso do Sul

10 agosto 2021 - 16h23Redação

O Governo do Estado consolidou, no âmbito do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), as normas que regulam a Segurança de Barragens, com a Resolução Semagro número 757, publicada no Diário Oficial do Estado de 4 de agosto. Agora, a normativa estadual encontra-se em conformidade com as inovações trazidas pela Lei Federal nº 14.066/2020, que alterou a Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB). 

A Resolução Semagro 757 trata do Sistema de Classificação da Barragem; Plano de Segurança da Barragem; Inspeções de Segurança Regular; Inspeções de Segurança Especial; Revisão Periódica de Segurança de Barragem e Plano de Ação de Emergência. 

“Dentre as principais novidades trazidas pela nova Resolução, além da previsão de alguns novos conceitos, houve a inclusão dos procedimentos e critérios complementares para a classificação de barragens quanto a Categoria de Risco (CRI) e Dano Potencial Associado (DPA)”, comenta o gerente de Recursos Hídricos do Imasul, Leonardo Sampaio. 

O secretário Jaime Verruck, da Semagro, reforça que “a questão das barragens envolve a segurança hídrica, com disponibilidade, de abastecimento de água, de sistemas de irrigação, de hidrelétricas, de toda uma infraestrutura que dá apoio ao desenvolvimento de nosso Estado, de forma sustentável”. 

A Resolução elenca as hipóteses de classificação de barragens com DPA baixo, dentre as quais constam (i) a altura da barragem menor ou igual a 2m (dois metros); e volume do reservatório menor ou igual a 10.000m³ (dez mil metros cúbicos); ou (ii) a inexistência de núcleos urbanos, empreendimentos ou áreas de interesse ambiental relevantes ou áreas protegidas em legislação específica, excluídas as APPs, a uma distância de 2 (duas) vezes o comprimento do reservatório formado, a jusante da barragem. 

No que se refere ao Plano de Ação de Emergência houve a inclusão da informação de que o Imasul, a seu critério, poderá aceitar a apresentação de estudo simplificado para elaboração do mapa de inundação. Outra novidade é a criação de um endereço eletrônico exclusivo para assuntos relacionados à segurança de barragens ([email protected]). Este endereço eletrônico também receberá as cópias dos documentos que devem ser inseridos no Sistema Nacional de Informações sobre Segurança de Barragens (SNISB), uma nova obrigação imposta pela Lei 14.066/2020. 

O diretor-presidente do Imasul, André Borges, lembra da importância do tema para o Estado. “Tivemos um evento on line, em nível nacional, realizado em setembro do ano passado, em conjunto com a Semagro e a Defesa Civil, que contribuiu muito para o aprimoramento da nossa legislação”, afirma. 

 

Informações da Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sexta e Sábado
Bairros Cervejaria e Guatós recebem mutirão da dengue
Consumidor
Carne bovina deve ficar mais barata com suspensão das exportações para a China
Alerta
Aneel inicia processo para reajuste e Energisa pode cobrar R$ 463 milhões de consumidores em MS
Apoio
Bia Cavassa destina R$ 150 mil para projeto direcionado a população LGBTQIA+ de MS
Ronda Policial
Evadido é capturado com trouxinhas de pasta base no bairro Aeroporto
Últimos dias de Pesca Aberta
Operação Dia de Finados da PMA intensifica fiscalização à pesca predatória
Bombeiros
Queda de árvore danifica muro e telhado de casa no bairro Universitário
Segurança
Vereador busca informações sobre condições atuais do Arthur Marinho
Reconhecimento
Câmara de Corumbá homenageia servidores públicos pelo seu dia
Operação Hefesto
Novos focos de incêndio são identificados em pelo menos três regiões

Mais Lidas

Qualificação
Senac Corumbá abre inscrições para cursos nas áreas da informática, saúde e beleza
Apelo Popular
MPT-MS vai investigar assédio moral de gerente que humilha funcionário em Carrefour da Capital
Inicio do Defeso
Última semana para pesca nos rios de Mato Grosso do Sul
Formalização
Corumbá lança campanha de incentivo ao cadastro de profissionais do setor de turismo