Menu
sexta, 14 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Governador veta projeto de lei do deputado Pedro Kemp

09 janeiro 2019 - 14h44Sylma Lima

O governador Reinaldo Azambuja ( PSDB) vetou parcialmente o projeto de lei do deputado estadual Pedro Kemp ( PT) sobre a obrigatoriedade da apresentação da carteira de vacinação no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul.

Nas razões do veto, Reinaldo argumenta que o projeto de lei é inconstitucional ao criar uma obrigação não prevista em leis nacionais sobre o tema. O projeto de lei de Kemp criaria uma a obrigação de criança de até 7 anos de idade apresentar carteira de vacinação para poder obter o Registro Geral de Identidade ( RG)

Diz Reinaldo ainda que há vício formal por ofensa ao “art. 22, XXV, da Constituição Federal, o qual estabelece competência privativa da união para legislar sobre registros públicos, matéria que abarca a expedição de Carteiras de Identidade (Registro Geral)”. E ainda que a “ União regulamentou o tema por intermédio da Lei ‘Federal nº 7.116, de 29 de agosto de 1983, a qual dispõe em seu artigo 2º, que para a expedição da Carteira de Identidade de que trata esta Lei não será exigida do interessado a apresentação de qualquer outro documento, além da certidão de nascimento ou de casamento’”.

Assim sendo o projeto de lei foi vetado pois, segundo Reinaldo, “ resta claro que a proposição ofende não só a competência da União para legislar sobre o tema, como impõe aos cidadãos obrigação diversa do estatuído em Lei Federal. Registra-se, portanto, que a Proposta de Lei em tela deve ser vetada, parcialmente, em relação ao inciso I do art. 1º por contrariar o art. 22, inciso XXV, da Constituição Federal.

A lei sobre o tema acabou sendo publicada sob nº 5.320 de 08/01/2018 da seguinte forma:

“ LEI Nº 5.320, DE 8 DE JANEIRO DE 2019. Dispõe sobre a obrigatoriedade da apresentação da carteira de vacinação no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul, e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. Faço saber que a Assembleia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º É obrigatória, em todo o território estadual, a apresentação da Carteira de Vacinação nos procedimentos abaixo mencionados: I - (VETADO); II - inscrição em programas sociais de apoio à família e à infância executados pelo Governo Estadual; III - matrículas nas escolas que integram o Sistema Estadual de Ensino, na forma da Lei Estadual nº 3.924, de 30 de junho de 2010. Art. 2º A não observância desta Lei sujeitará aos gestores responsáveis as medidas disciplinares cabíveis. Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação. Campo Grande, 8 de janeiro de 2019.

REINALDO AZAMBUJA SILVA

Governador do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Uniderp abre seleção para mestrado e doutorado em Odontologia
Candidatos podem escolher entre duas áreas de concentração
SEGURANÇA PÚBLICA
Vereadora reivindica aumento do efetivo de policiais civis e militares na região
ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA
Município reforça enfrentamentos às violações de direitos de crianças e adolescentes
GERAL
Consórcio Brasil Central autoriza assinatura de contrato para importação da vacina Sputnik V
VACINAÇÃO
Poliesportivo está aberto para repescagem e aplicação de segunda dose da vacina da Covid-19
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar o auxílio emergencial
SAÚDE
Mato Grosso do Sul recebe nesta sexta novo lote de vacinas da Coronavac
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Bombeiros socorrem vítimas de colisão de carros no Centro
PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS
Bia Cavassa trata com Tereza Cristina sobre recursos para capacitação de brigadistas
OPORTUNIDADE
IEL tem 91 vagas de estágio para Campo Grande, Camapuã e Corumbá

Mais Lidas

POLICIAL
PF prende quatro pessoas e apreende 180 kg de cocaína em MS
POLICIAL
PM apreende droga, plantas de maconha e prende autor de tráfico
POLICIAL
PM evita suicídio de homem, e o prende após violência doméstica
POLÍTICA
Iunes aceita convite do Podemos