Menu
quinta, 05 de agosto de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Maio
Geral

Fugitivo derruba o pai na fuga e termina capturado

09 setembro 2020 - 08h31Gesiane Sousa

Homem de 24 anos, fugitivo do presídio masculino de Corumbá, bem que tentou escapar da abordagem policial nesta terça-feira (8), mas não conseguiu. Ele foi capturado e devolvido a unidade prisional em cumprimento a mandado de prisão.

Segundo informações da equipe GETAM (Grupamento Especializado Tático de Motos), que cumpria ronda ostensiva nas proximidades da Rua São Judas Tadeu, o indivíduo apresentou nervosismo excessivo assim que avistou a viatura. Ele chegou a derrubar o próprio pai no chão em fuga desesperada para dentro de casa.

Autorizados a entrar  na residência, os policiais militares encontraram o fugitivo escondido em um dos cômodos, atrás da porta.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo
Agosto já registra níveis críticos de umidade e acende alerta de cuidados com a saúde
Fiscalização
Vereador solicita inclusão de Corumbá na CPI da Energisa na Assembleia
Calendário
Pré-selecionados do Fies têm até sexta-feira para complementar inscrição
Arte Popular
Jardim do Artesanato expõe e comercializa trabalhos de artesões da cidade
Destaque Nacional
MS atinge 80% da população adulta vacinada
Assistência Social
Povo das águas encerra com 180 famílias atendidas do Taquari
Melhorias
Vereador solicita pavimentação da Rua Edu Rocha, no Guaicurus
De volta!
Câmara de Corumbá adota medidas mais flexíveis e retoma atendimento presencial
Como fica?
Universidades de MS devem manter aulas presenciais suspensas até o fim do ano
Olímpiadas
Rebeca Andrade será porta-bandeira do Brasil no encerramento

Mais Lidas

Como fica?
Universidades de MS devem manter aulas presenciais suspensas até o fim do ano
De volta!
Câmara de Corumbá adota medidas mais flexíveis e retoma atendimento presencial
Arte Popular
Jardim do Artesanato expõe e comercializa trabalhos de artesões da cidade
Fiscalização
Vereador solicita inclusão de Corumbá na CPI da Energisa na Assembleia