Menu
sábado, 16 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Fórum apresenta avanços do Plano Estratégico em MS

18 junho 2021 - 10h13ASCOM FAMASUL

O significativo avanço da agropecuária de Mato Grosso do Sul e os aspectos positivos ao setor produtivo com a retirada da vacinação contra a febre aftosa. Esses foram os principais pontos da palestra do presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito, ministrada no III Fórum do Programa Nacional de Vigilância para Febre Aftosa – PNEFA, nesta quinta-feira (17), em formato on-line.

“A retirada da vacina é a etapa final para alcançarmos o maior nível sanitário global: livre de aftosa sem vacinação. Mato Grosso do Sul alcançando esse status colocará sua produção no mesmo patamar de importantes players do mercado, reforçando a confiabilidade do setor e seu comprometimento em ampliar sua competitividade, impulsionando o desenvolvimento econômico do estado”, destacou Saito.

O secretário Jaime Verruck, presidente do Comitê Estadual do Plano Estratégico do PNEFA, falou dos avanços do programa e das metas nacional e estadual.

“Este é um projeto extremamente importante para a economia do estado e para quem aqui produz. A iniciativa depende exclusivamente da ação da classe produtora. Chegamos em um grau onde é possível retirar a vacina contra febre aftosa, e é sabido que os estados que já retiraram a vacina registram ganhos. Todas as medidas necessárias já estão encaminhadas”.

O superintendente da SFA, Celso Martins, ressaltou a importância da difusão de informação. “A realização de um fórum como este é fundamental para discutirmos a retirada da vacinação, pois caminhamos rumo à evolução. É uma responsabilidade de todos conquistarmos as condições necessárias para que a retirada da vacinação aconteça, pois será um reflexo dos trabalhos realizados hoje”, comenta.

“É uma grande honra apresentar os avanços do PNEFA, que envolvem mais do que a retirada da vacinação, mas também elevar o status sanitário do estado, valorizar nosso produto e o envolvimento do produtor”, destacou o diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold.

Para o Chefe da Divisão de Febre Aftosa do Mapa, responsável pelo programa nacional de Febre Afotsa, Mato Grosso Sul tem um impacto dentro do programa. “Juntamente com MT, o MS faz parte de uma importante fronteira, estando no coração do Brasil. Precisamos mudar paradigmas e, para isso, é essencial o papel dos produtores rurais. Nesse sentido, a Famasul tem contribuído muito, com representatividade e empenho em conjunto com todos os segmentos”.

Sobre o Fórum

Voltado a produtores rurais, profissionais da área de indústria e comércio de insumos pecuários, profissionais de ciências agrárias e estudantes, o evento virtual foi transmitido pelo Youtube, das 14h às 18h, com palestras de Ana Carolina Botelho, auditora fiscal do Mapa, sobre “Situação da Febre Aftosa e os avanços do Plano Estratégico - PNEFA Brasil”; Antônio Carlos Carvalho de Souza, presidente da FESA/ MT, sobre a “Importância da Estruturação de fundos privados para a defesa sanitária animal”; e Daniel Ingold, com “Ações para implantação do Plano Estratégico 2017-2026 no estado de MS.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Inédito
Tempestade de areia: Energisa recebeu 4 mil chamados em Campo Grande
Dia Mundial da Alimentação
Em MS, 69% da população está com excesso de peso e 36% com obesidade
Ensino Superior
UEMS investe mais de R$ 13 milhões em bolsas e auxílios para estudantes
Transporte
Expresso Queiroz tem autorização suspensa por incapacidade de atender passageiro
Defesa Civil
Tempestade de poeira e vendaval causaram estragos em pelo menos sete nos municípios
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá
Previsão Meteorológica
Tempo continua fechado com chance de mais chuva para grande parte do Estado
Tragédia
Naufrágio no Rio Paraguai fez sete vítimas; cinco corpos foram encontrados até o momento
Dia do Professor
Façanha destaca papel do professor no período pós-pandemia

Mais Lidas

Monitoramento
Defesa Civil alerta para chance de novos temporais
Estudo em andamento
Plano de transporte intermunicipal de MS vai passar por mudanças em 2022
Corumbá
Dupla é presa com 20 quilos de maconha
Reforço
Saúde de Corumbá e Ladário recebem mais de 500 equipamentos doados pela Vale