Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Florestinha fecha semestre com mais de 11 mil estudantes atendidos

11 julho 2016 - 08h34Gesiane Medeiros

Crianças e adolescentes do Projeto Florestinha de Campo Grande encerraram as atividades do primeiro semestre na última semana, com trabalhos de Educação Ambiental para alunos de escolas públicas e privadas dos municípios de Nioaque e Figueirão. Somente nos primeiros seis meses do ano, 11.287 estudantes de 48 escolas do estado receberam ensinamentos e orientação sobre Educação Ambiental. 

Em Nioaque e Figueirão, últimos municípios a receberam a visita do projeto, foram atendidos 1.885 estudantes, sendo 1.503 de Nioaque e 382 de Figueirão, uma escola rural distante da cidade. O aprendizado é passado em forma de oficinas temáticas pelas crianças e adolescentes do Projeto Florestinha, supervisionados por um Policial Militar Ambiental.

As oficinas temáticas são: Reciclagem de papel, com palestra sobre os problemas relacionados aos resíduos sólidos; Visitação ao museu de animais e peixes empalhados, com palestra sobre fauna, pesca, atropelamentos de animais silvestres, tráficos; Apresentação do teatro de fantoches, com peças sobre as questões ambientais, como: águas, desmatamentos, incêndios florestais e resíduos sólidos; Montagem artificial do ciclo da água, com palestras relacionadas a temática das águas no planeta; Casa da Energia, com palestra sobre economia energia, matriz energética e fontes renováveis; Plantio de mudas nativas, com palestra sobre desmatamento, erosões e importância da flora, etc; e uma palestra geral, executada por um Florestinha para a sensibilização dos estudantes sobre os vários temas ambientais, de forma que os alunos entendam que o ambiente é um complexo e que afetar o seu equilíbrio gera problema de qualidade de vida, tendo em vista que tudo que usamos, comemos, bebemos, respiramos vem do ambiente.

Atualmente são nove equipes de Florestinhas das duas Unidades, que realizam Educação Ambiental na Capital e Interior. A Unidade do Parque Cônsul Assaf Trad é também um Centro de Educação Ambiental (CEA/FLORESTINHA) de recepção de estudantes, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMADUR) da Capital.

Informações da PMA

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Sugerida utilização de sobras de vacina para imunizar pessoal de funerárias e da limpeza pública
COVID-19
Vereador reforça a necessidade de imunizar gestantes contra o coronavírus
GERAL
Justiça Eleitoral realizará live sobre segurança da urna eletrônica e processo eleitoral no dia 28
GERAL
Brasília completa 61 anos e encara o desafio da maturidade
GERAL
Vereador solicita recuperação da 21 de Setembro, após intervenções da Sanesul
CIDADE
Vereador pede sinalização adequada para evitar mais acidentes na Colombo com a Ladário
POLÍTICA
Governo lança plano de promoção da agricultura de baixo carbono
POLÍTICA
Câmara aprova projeto de lei que torna escolas serviços essenciais
GERAL
Matrícula para curso de medicina da UEMS pode ser feita até dia 26 de abril
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção

Mais Lidas

GERAL
Corumbá perde dez leitos na UTI Covid por falta de cadastro
POLICIAL
PRF apreende 665 Kg de maconha e 75 Kg de skunk em MS
GERAL
Homem é preso por porte de drogas no Cravo Vermelho
POLICIAL
'Deu branco e não vi', diz homem que atropelou ex e o próprio bebê em MS