Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Festival de Inverno de Bonito inclui visita à Serra da Bodoquena

30 julho 2016 - 09h48Notícias MS

Um grupo de 26 pessoas visitou o Parque Nacional da Serra da Bodoquena na manhã desta sexta-feira (29), como parte da programação turística do 17º Festival de Inverno de Bonito. São 53 km de Bonito até o início do passeio. A trilha, que começa no sumidouro do Rio Perdido, possui 1,3 km e vai até uma área denominada ressurgência. Este ano a novidade é uma ação de canoagem dentro das lagoas do rio, que acontece pela primeira vez com visitantes.

O professor do Instituto de Geociências da USP e um dos homenageados do Festival, Paulo Boggiani, participa da visita a convite da Secretaria de Turismo de Bonito. Para o diretor municipal de turismo, Rogério Pereira Alves, Boggiani é um grande fomentador dos aspectos turísticos, econômicos e ambientais da região. “É importante a participação dele nessa ação, pois ele é um estudioso dos novos produtos turísticos com visão na preservação ambiental”, destaca Rogério.

Boggiani se diz feliz com o convite, pois participou ativamente da criação do parque. “Eu era entusiasta da criação do Parque e sempre o defendi como uma alternativa a mais para a atividade turística de toda a região da Serra da Bodoquena. Os parques têm o objetivo não só da preservação ambiental, mas também de proporcionar à população uma visitação ordenada para o conhecimento das belezas ali contidas”, ressalta.

Sandro Pereira, chefe do Parque gerido pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio), destaca o empenho para que as pessoas conheçam o parque com as visitas monitoradas. “Mesmo não estando aberto publicamente à visitação, sempre realizamos incursões ao parque com grupos de universidades, escolas e outros interessados. E no Festival de Inverno aqui de Bonito já é tradição apresentar o parque com intuito de fomentar a educação ambiental”.

O Parque Nacional da Serra da Bodoquena foi criado em setembro de 2000 e é a primeira unidade de conservação de proteção integral federal implantada no Mato Grosso do Sul. A criação do Parque visa proteger a maior área contínua de Mata Atlântica no estado e atende a objetivos de preservação, de estudo da biodiversidade e exploração turística monitorada.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PGE
Vídeo sobre planejamento financeiro está disponível no canal da PGE/MS
SAÚDE
Fiocruz espera ter 'protagonismo' na vacinação em abril com 30 milhões de doses
NOTA MS PREMIADA
Chance de ganhar no Nota MS Premiada é 28 vezes maior do que na Mega-Sena
TRÂNSITO
Capotamento na BR-163 mata adolescente e deixa motorista em estado grave
EDUCAÇÃO
IFMS oferece vagas para portadores de diploma e transferências no Campus Corumbá
SAÚDE
Brasil tem recorde de mortes por covid-19 pelo terceiro dia seguido
ECONOMIA
Acumulada, Mega-Sena sorteia hoje R$ 50 milhões
ECONOMIA
Banco do Brasil ajuda estados e municípios a cobrar impostos via Pix
TURISMO
Fornatur e ABEAR se reúnem para alinhar acordos com empresas aéreas durante pandemia
GERAL
Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas

Mais Lidas

EDUCAÇÃO
IFMS oferece vagas para portadores de diploma e transferências no Campus Corumbá
TRÂNSITO
Capotamento na BR-163 mata adolescente e deixa motorista em estado grave
GERAL
Complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
PESCA
PMA lança e disponibiliza Cartilha do Pescador 2021 com todas regras de pesca