Menu
domingo, 17 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

FCO Empresarial amplia prazo para quitar parcelas atrasadas

29 julho 2020 - 10h32Redação

Apesar de toda a crise econômica e de saúde decorrente da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), empresários de Mato Grosso do Sul têm o que comemorar. Atendendo ao pedido do CEIF-FCO (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO), o Banco do Brasil prorrogou as parcelas do FCO empresarial de agosto e setembro e o pagamento ficou para 2021, beneficiando 6 mil contratos empresariais.

Na avaliação do presidente da Fiems, Sérgio Longen, houve um movimento bastante organizado e que envolveu o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, o superintendente do Banco do Brasil no Estado, Sandro Grando, além da participação parlamentar dos senadores Nelsinho Trad e Simone Tebet e também das Federações do Centro-Oeste.

“As Federações trabalharam reunidas para manifestos tanto para a diretoria do Banco do Brasil como para o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Simonetti Marinho, e conseguimos aprovar a ação, que representa mais capital de giro para empresas. É um momento difícil para o Brasil diante dessa pandemia e entendemos que o Banco do Brasil fez o correto prorrogando esses financiamentos, trazendo aí uma condição favorável para as empresas nesse momento de dificuldade”, afirmou Sérgio Longen.

Ele destacou que os recursos são fundamentais para a manutenção de empregos e deverão ser direcionados para investimentos e pagamentos de contas. “Muitas empresas tiveram a suspensão ou redução das atividades por conta de protocolos de saúde e segurança e com certeza receberão essa prorrogação com muita satisfação, apesar da preocupação de buscar esse mercado que ainda não está aquecido o suficiente para o pagamento dessas parcelas”, salientou.

O secretário Jaime Verruck ressaltou que a medida permite uma melhoria de capital de giro das empresas e ampliação dos prazos de financiamento do FCO. “Então os empresários que têm parcelas vincendas agora em agosto devem buscar o Banco do Brasil, por meio de suas agências, solicitando a sua prorrogação. Estamos fazendo um trabalho muito forte buscando a manutenção de empregos e, principalmente a manutenção dessas atividades econômicas do setor empresarial do Estado e o FCO cumpre seu papel de gerar desenvolvimento para mato Grosso do Sul”, finalizou.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Inédito
Tempestade de areia: Energisa recebeu 4 mil chamados em Campo Grande
Dia Mundial da Alimentação
Em MS, 69% da população está com excesso de peso e 36% com obesidade
Ensino Superior
UEMS investe mais de R$ 13 milhões em bolsas e auxílios para estudantes
Transporte
Expresso Queiroz tem autorização suspensa por incapacidade de atender passageiro
Defesa Civil
Tempestade de poeira e vendaval causaram estragos em pelo menos sete nos municípios
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá
Previsão Meteorológica
Tempo continua fechado com chance de mais chuva para grande parte do Estado
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas

Mais Lidas

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá