Menu
quarta, 29 de junho de 2022
Andorinha Institucional 2022
Andorinha Institucional
Geral

Exportação de industrializados entre janeiro e abril de 2022 é a maior já alcançada no período

Os segmentos industriais que apresentaram maior participação nas receitas de exportação foram "Complexo frigorífico", "Celulose e papel" e "Óleos vegetais e demais produtos de sua extração" 

24 maio 2022 - 08h19Redação

A receita com a exportação de produtos industriais de Mato Grosso do Sul alcançou em abril US$ 398,7 milhões, indicando estabilidade em relação ao mesmo mês de 2021, quando o valor ficou em US$ 399,3 milhões, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems. Já no acumulado de 2022 a receita total alcançou US$ 1,44 bilhão, proporcionando crescimento de 19% em relação ao mesmo período de 2021, quando o valor ficou em US$ 1,21 bilhão. O resultado representa a maior receita já alcançada com a exportação de produtos industriais no período de janeiro a abril. 
 
Quanto à participação relativa, no mês, a indústria respondeu por 58% de toda a receita de exportação de Mato Grosso do Sul. Já no acumulado do ano, a participação está em 57%. 

Grupos que apresentaram maior participação nas receitas de exportação 
 
Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, os segmentos industriais que apresentaram maior participação nas receitas de exportação foram “Complexo frigorífico”, “Celulose e papel” e “Óleos vegetais e demais produtos de sua extração”. 
 
No grupo “Complexo frigorífico”, a receita de exportações alcançou em abril deste ano US$ 133,8 milhões, enquanto de janeiro a abril foi de US$ 512 milhões. Os principais produtos ofertados foram carnes desossadas congeladas de bovino, pedaços e miudezas congelados de frango, carnes desossadas refrigeradas de bovino, frango inteiro congelado. Os principais países compradores foram China, Estados Unidos, Chile, Emirados Árabes Unidos e Egito. 
 
No grupo “Celulose e papel”, a receita de exportações atingiu em abril US$ 100,8 milhões e no acumulado do ano, US$ 445,3 milhões. Os principais produtos exportados foram pastas químicas de madeira. Os principais países compradores foram China, Estados Unidos, Itália, Holanda e Emirados Árabes Unidos. 
 
Já no grupo “Óleos vegetais e demais produtos de sua extração”, a receita de exportações foi de US$ 112,8 milhões e o no acumulado do ano foi de US$ 323,8 milhões. Os principais produtos exportados foram farinhas e pellets da extração do óleo de soja, bagaços e resíduos sólidos da extração do óleo de soja, óleo de soja bruto e óleo de refinado. Os principais países compradores foram Índia, Indonésia, Holanda, Venezuela e Tailândia. 
 

* Informações da Fiems

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Fabricante de cimento não comparece em audiência pública e é criticada
Imunização
Ladário inicia vacinação contra Influenza para toda população a partir de 6 meses de idade
Projeto Ambiental
APA Baía Negra recebe Placas Ilustrativas de aves silvestres
Esporte
Circuito Funec de Corrida de Rua promove 2ª etapa no domingo (3)
Sejusp
Decreto estabelece criação de Delegacias de Atendimento Comunitário em Corumbá e Ponta Porã
LDO 2023
Câmara aprova projeto que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentária de 2023
Na BR 262
Passageiros de ônibus que saíram de Corumbá são presos com 30 kg de cocaína
Resolvido
Central 190 da PM volta a funcionar
Habitação
Primeira etapa da regularização fundiária contempla 70 beneficiários em Corumbá
Facilidade
Com até 100% de desconto, REFIS pode ser aderido até pelo WhatsApp

Mais Lidas

Salvando vidas
Câmara homenageia policiais militares que salvaram jovem no Previsul
Resgate
Bombeiros capturam onça de 100 quilos no quartel do Exército
Direto ao Consumidor
Após manifestação, vereador pede reativação do Mercado Municipal
Concurso
Publicados editais relacionados aos concursos públicos da Sedhast, Sejusp, Iagro e Agraer, e seleção