Menu
segunda, 15 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Entre 1º e 28 de dezembro deste ano, 450 sul-mato-grossenses vieram a óbito por coronavírus

28 dezembro 2020 - 11h34Portal do Governo de MS

Entre 1º e 28 de dezembro deste ano, 450 sul-mato-grossenses vieram a óbito por coronavírus. É o que revela os dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, do Governo do Estado, desta segunda-feira (28).

Em apenas 24 horas, foram registradas 16 mortes e, com isso, desde o início da pandemia até hoje 2.245 pessoas morreram por Covid-19 em Mato Grosso do Sul. “Na semana que encerrou, a 52, tivemos 175 óbitos e na semana 47 tivemos 30 mortes, quase seis vezes mais, isso mostra a letalidade da doença e a procura tardia às unidades de saúde”, alertou o secretário do Estado de Saúde, Geraldo Resende.

De acordo com a SES, 223 exames deram positivos para o coronavírus no Estado em 24 horas, totalizando 129.484 casos confirmados da doença desde o começo da pandemia.

Para a secretária-adjunta da SES, Christinne Maymone, o aumento de casos confirmados reflete o comportamento social no Estado. “Estamos com uma circulação viral grande e o perfil dos contaminados, mais de 60%, são de pessoas jovens, entre 20 e 49 anos, que precisam tomar cuidado. São pessoas que se descolam mais e que se aglomeram mais, por isso, aconselho: tomem mais cuidado, façam distanciamento social”.

Em tratamento, 649 pessoas estão hospitalizadas nas redes pública e privada do Estado e 12.670 em isolamento domiciliar.

Dos infectados que estão em tratamento 338 estão em leitos clínicos, sendo 205 na rede pública e 133 na rede privada. Em estado mais grave, 311 estão em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sendo 218 pelo SUS e 93 na rede privada. “Estamos verificando que pessoas estão morrendo logo após a internação, o que mostra uma procura tardia pelo atendimento de saúde”, ressalta Resende.

O Boletim Epidemiológico aponta que 114.020 pessoas estão recuperadas e sem sintomas da doença.

Com o avanço da doença, a disponibilidade do leito para tratamento segue comprometida. Na macrorregião de Campo Grande, a ocupação global de leitos UTI SUS atinge 107%, nesse caso, o excedente representa pacientes em leitos Covid-19 ainda não habilitados pelo SUS, mantidos pelas secretarias municipais e estadual de saúde.

Na macrorregião de Dourados, a ocupação global é de 78%, em Três Lagoas, de 53% e em Corumbá, de 71%.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 262
PRF apreende 20 kg de maconha em carro que seguia para Campo Grande
Dança & Teatro
Espetáculo "Corpo que eu habito" faz estreia nacional em Corumbá no dia 20 de julho
Ensino Superior
UFGD abre inscrições para vestibular com 1.459 vagas em 38 cursos
Inscrições abertas
Editais oferecem oportunidade para alavancar ideias de negócio relacionadas ao Cerrado e Pantanal
Irônico
Desembargador que hasteou bandeira da monarquia no TJ assume a justiça eleitoral de MS
Futebol
Costa Rica perde por 1x0 e classificação fica para a última rodada
Empreendedorismo
Mato Grosso do Sul registra 19 mil novas formalizações no primeiro semestre de 2024
20ª edição
Amistoso da Diversidade é domingo em Corumbá
Nacional
Atraso em sistema informático paralisa saques do Fundo PIS/Pasep
Operação Pantanal 2024
Previsão de temperatura alta e queda na umidade do ar é alerta para novos incêndios

Mais Lidas

BR 262
PRF apreende 20 kg de maconha em carro que seguia para Campo Grande
Dança & Teatro
Espetáculo "Corpo que eu habito" faz estreia nacional em Corumbá no dia 20 de julho
Ensino Superior
UFGD abre inscrições para vestibular com 1.459 vagas em 38 cursos