Menu
quarta, 01 de dezembro de 2021
Cassems - Rede Amo
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

Entre 1º e 28 de dezembro deste ano, 450 sul-mato-grossenses vieram a óbito por coronavírus

28 dezembro 2020 - 11h34Portal do Governo de MS

Entre 1º e 28 de dezembro deste ano, 450 sul-mato-grossenses vieram a óbito por coronavírus. É o que revela os dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, do Governo do Estado, desta segunda-feira (28).

Em apenas 24 horas, foram registradas 16 mortes e, com isso, desde o início da pandemia até hoje 2.245 pessoas morreram por Covid-19 em Mato Grosso do Sul. “Na semana que encerrou, a 52, tivemos 175 óbitos e na semana 47 tivemos 30 mortes, quase seis vezes mais, isso mostra a letalidade da doença e a procura tardia às unidades de saúde”, alertou o secretário do Estado de Saúde, Geraldo Resende.

De acordo com a SES, 223 exames deram positivos para o coronavírus no Estado em 24 horas, totalizando 129.484 casos confirmados da doença desde o começo da pandemia.

Para a secretária-adjunta da SES, Christinne Maymone, o aumento de casos confirmados reflete o comportamento social no Estado. “Estamos com uma circulação viral grande e o perfil dos contaminados, mais de 60%, são de pessoas jovens, entre 20 e 49 anos, que precisam tomar cuidado. São pessoas que se descolam mais e que se aglomeram mais, por isso, aconselho: tomem mais cuidado, façam distanciamento social”.

Em tratamento, 649 pessoas estão hospitalizadas nas redes pública e privada do Estado e 12.670 em isolamento domiciliar.

Dos infectados que estão em tratamento 338 estão em leitos clínicos, sendo 205 na rede pública e 133 na rede privada. Em estado mais grave, 311 estão em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sendo 218 pelo SUS e 93 na rede privada. “Estamos verificando que pessoas estão morrendo logo após a internação, o que mostra uma procura tardia pelo atendimento de saúde”, ressalta Resende.

O Boletim Epidemiológico aponta que 114.020 pessoas estão recuperadas e sem sintomas da doença.

Com o avanço da doença, a disponibilidade do leito para tratamento segue comprometida. Na macrorregião de Campo Grande, a ocupação global de leitos UTI SUS atinge 107%, nesse caso, o excedente representa pacientes em leitos Covid-19 ainda não habilitados pelo SUS, mantidos pelas secretarias municipais e estadual de saúde.

Na macrorregião de Dourados, a ocupação global é de 78%, em Três Lagoas, de 53% e em Corumbá, de 71%.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Crescimento
MS tem 37,9 mil trabalhadores formais a mais que antes da pandemia
Polícia
'Deu Zebra' não chega nem perto de donos do jogo do bicho e policiais se revoltam em Campo Grande
Meio Ambiente
Sanesul é cobrada para eliminar descarte de lodo na região do Porto Geral
Benefício
Nascidos em dezembro têm até o dia 31 para aderir ao saque-aniversário
Infraestrutura
Recuperação de galeria no bairro cervejaria é urgente
Acidente
Motociclista sofre ferimentos em queda acidental
Inédito
Bonito recebe primeiro voo em conexão direta com Congonhas nesta quinta-feira (02)
Habitação
Decreto regulamenta projeto Lote Urbanizado e cria novas regras e prazos
Rio Brilhante
Empresários que tiveram prisão decretada na operação 'Dark Card' estão foragidos
Jovens Empreendedores
Alunos de Escolas Municipais de Porto Murtinho expõem produtos desenvolvidos em sala

Mais Lidas

Alerta
Estudantes de medicina denunciam faculdade boliviana por aulas presenciais com casos de Covid
Desdobramentos
Universidade de medicina na Bolívia responde denúncia e concede exame virtual
Farsa
Bolivianos são presos ao tentavam ir para a Europa com documentos paraguaios
Cidade
Briga de casal termina com marido ferido por faca