Menu
domingo, 25 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Entre 1º e 28 de dezembro deste ano, 450 sul-mato-grossenses vieram a óbito por coronavírus

28 dezembro 2020 - 11h34Portal do Governo de MS

Entre 1º e 28 de dezembro deste ano, 450 sul-mato-grossenses vieram a óbito por coronavírus. É o que revela os dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, do Governo do Estado, desta segunda-feira (28).

Em apenas 24 horas, foram registradas 16 mortes e, com isso, desde o início da pandemia até hoje 2.245 pessoas morreram por Covid-19 em Mato Grosso do Sul. “Na semana que encerrou, a 52, tivemos 175 óbitos e na semana 47 tivemos 30 mortes, quase seis vezes mais, isso mostra a letalidade da doença e a procura tardia às unidades de saúde”, alertou o secretário do Estado de Saúde, Geraldo Resende.

De acordo com a SES, 223 exames deram positivos para o coronavírus no Estado em 24 horas, totalizando 129.484 casos confirmados da doença desde o começo da pandemia.

Para a secretária-adjunta da SES, Christinne Maymone, o aumento de casos confirmados reflete o comportamento social no Estado. “Estamos com uma circulação viral grande e o perfil dos contaminados, mais de 60%, são de pessoas jovens, entre 20 e 49 anos, que precisam tomar cuidado. São pessoas que se descolam mais e que se aglomeram mais, por isso, aconselho: tomem mais cuidado, façam distanciamento social”.

Em tratamento, 649 pessoas estão hospitalizadas nas redes pública e privada do Estado e 12.670 em isolamento domiciliar.

Dos infectados que estão em tratamento 338 estão em leitos clínicos, sendo 205 na rede pública e 133 na rede privada. Em estado mais grave, 311 estão em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sendo 218 pelo SUS e 93 na rede privada. “Estamos verificando que pessoas estão morrendo logo após a internação, o que mostra uma procura tardia pelo atendimento de saúde”, ressalta Resende.

O Boletim Epidemiológico aponta que 114.020 pessoas estão recuperadas e sem sintomas da doença.

Com o avanço da doença, a disponibilidade do leito para tratamento segue comprometida. Na macrorregião de Campo Grande, a ocupação global de leitos UTI SUS atinge 107%, nesse caso, o excedente representa pacientes em leitos Covid-19 ainda não habilitados pelo SUS, mantidos pelas secretarias municipais e estadual de saúde.

Na macrorregião de Dourados, a ocupação global é de 78%, em Três Lagoas, de 53% e em Corumbá, de 71%.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo
Empreendedorismo
Cinco erros que o empresário deve evitar no Marketing e Vendas
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Investigaçã
Famosos em MS, grupos de venda estão 'recheados' de produtos roubados
Saúde
Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Tempo
Ar seco e quente pode marcar o sábado em Mato Grosso do Sul
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada

Mais Lidas

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo