Menu
quinta, 24 de junho de 2021
Governo - O ESTADO QUE CRESCE JUNHO
Andorinha - Maio
Geral

Empresa paulista é autuada em R$ 100 mil por obra ilegal às margens de rio Paraguai Mirim

13 março 2017 - 09h29Redação

Fiscalização da Polícia Militar Ambiental pelo rio Paraguai Mirim localizou a construção de uma residência e de uma estrada, dentro da área de preservação permanente (APP) do rio. Uma empresa, proprietária da fazenda, localizada a 130 km da cidade de Corumbá, descumpriu ordem de interdição da PMA e concluiu a obra.

Além disso, construiu ainda uma estrada na área protegida. As atividades foram interditadas novamente. A empresa infratora, com sede em São Paulo (SP), foi autuada administrativamente e multada em R$ 100 mil. Os responsáveis pela empresa também responderão por crime ambiental e poderão pegar pena de detenção, de um a três anos.

Residência e estrada construída pela empresa dentro da área de preservação permanente. Foto: Divulgação

?

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CULTURA E TRADIÇÃO
Fiéis e devotos levam São João para banhar nas águas do Rio Paraguai
CONDENADO HÁ 20 anos
Delegado é condenado por homicídio de boliviano
GERAL
Receita Federal em Corumbá-MS destina celulares ao IFMS
GERAL
Alvo de investigações, Ricardo Salles pede demissão
GERAL
Reitora do IFMS é a nova presidente do CRIE-MS
GERAL
Sanesul informa que poderá faltar água em alguns bairros de Corumbá
CAPTURA DE ANIMAL
PMA de Corumbá captura gambá em lixeira de residência na área Central
TEMPO
Defesa Civil alerta para perigo potencial de vendaval nesta quarta-feira
CULTURA
São João do Pantanal vence primeiro concurso de Mini Andor em Corumbá
CULTURA
Com duas categorias, Prefeitura divulga resultado do Concurso de Andores Juninos

Mais Lidas

POLICIAL
PM atende ocorrência de abandono de criança no Cristo Redentor
POLICIAL
Delegado acusado de assassinato de boliviano vai a júri popular
GERAL
Sanesul informa que poderá faltar água em alguns bairros de Corumbá
POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no bairro Nova Corumbá