Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Empoderamento e empreendedorismo são saídas de combate à violência contra mulher

07 março 2017 - 10h51Notícias MS

O Governo de Mato Grosso do Sul lançou nesta segunda-feira (6) campanha do Mês da Mulher que coloca o empreendedorismo como uma das formas de enfrentamento à violência doméstica. Batizada de “O protagonismo das mulheres sul-mato-grossenses”, a campanha trabalhará durante todo o mês de março em duas frentes: o empoderamento e o empreendedorismo feminino.

“No tema empoderamento, nosso objetivo é dar às mulheres conhecimento acerca de seus direitos para que uma vez consciente ela (mulher vítima de agressão) possa buscar ajuda. No empreendedorismo, será o incentivo às mulheres (vítimas de violência) para que elas montem pequenas economias familiares, ou outra forma (de geração de renda), que possa garantir o sustento dela e o rompimento da dependência financeira com o agressor”, disse a subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja.

A campanha estadual foi lançada em alusão ao Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março. Para marcar a data, serão realizadas ações preventivas em nove regiões de Mato Grosso do Sul no mês de março. Entre as atividades que serão desenvolvidas estão palestras e rodas de conversa. A intenção é capacitar cerca de 350 mulheres que trabalham com vítimas de violência doméstica. “Para que (elas) possam fazer atendimento mais humanizado e especializado à sociedade”, disse Luciana Azambuja.

Além de Campo Grande, os municípios de Ponta Porã, Dourados, Jardim, Corumbá, Itaquiraí, Nova Andradina, Rio Verde e Aquidauana, e as cidades do entorno, terão atividades desenvolvidas em coordenadorias regionais que trabalham políticas públicas para mulheres.

Confira aqui a programação completa de atividades.

Lançamento da campanha

O evento de lançamento da campanha “O protagonismo das mulheres sul-mato-grossenses” foi realizado no Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), que fica em Campo Grande. A solenidade reuniu, entre diversas autoridades, a vice-governadora Rose Modesto, a primeira-dama de Mato Grosso do Sul, Fátima Azambuja, a secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Elisa Cleia, e a subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja.

Conforme a vice-governadora, o Governo vem tendo “olhar especial” para o segmento, desenvolvendo políticas públicas que trabalham o enfrentamento à violência doméstica. “O poder público contribui com o combate à violência oferecendo canais de denúncia, local adequado para atendimento à vítima e capacitação e encaminhamento para o mercado de trabalho”, disse Rose Modesto. Já a primeira-dama defendeu que a política estadual de prevenção, proteção e repressão representam grandes avanços na sociedade.

Ceam

Localizado em Campo Grande, Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) oferece atendimento psicossocial gratuito para mulheres vítimas de violência. “Temos psicólogas, assistentes sociais e pedagogas, para trabalhar com as crianças enquanto as mães são atendidas. O atendimento do Ceam é um serviço que vem aumentando porque o empoderamento feminino vem crescendo. Infelizmente a violência contra à mulher existe e uma vez que ela fica consciente de seus direitos começa a buscar a delegacia e o Ceam”, contou.

Segundo a Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, em 2016 foram 2.192 atendimentos feitos no Ceam. Em 2015, a média foi de 1,9 mil. Nos últimos dois anos, 73 mulheres foram encaminhadas para cursos de capacitação e para o mercado de trabalho por meio da Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab), umas das parceiras no enfrentamento à violência contra à mulher. Nessa lista ainda estão o Sebrae e a Agraer, além de outras entidades públicas e privadas.

Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 67 1236.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Sugerida utilização de sobras de vacina para imunizar pessoal de funerárias e da limpeza pública
COVID-19
Vereador reforça a necessidade de imunizar gestantes contra o coronavírus
GERAL
Justiça Eleitoral realizará live sobre segurança da urna eletrônica e processo eleitoral no dia 28
GERAL
Brasília completa 61 anos e encara o desafio da maturidade
GERAL
Vereador solicita recuperação da 21 de Setembro, após intervenções da Sanesul
CIDADE
Vereador pede sinalização adequada para evitar mais acidentes na Colombo com a Ladário
POLÍTICA
Governo lança plano de promoção da agricultura de baixo carbono
POLÍTICA
Câmara aprova projeto de lei que torna escolas serviços essenciais
GERAL
Matrícula para curso de medicina da UEMS pode ser feita até dia 26 de abril
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção

Mais Lidas

GERAL
Corumbá perde dez leitos na UTI Covid por falta de cadastro
POLICIAL
PRF apreende 665 Kg de maconha e 75 Kg de skunk em MS
GERAL
Homem é preso por porte de drogas no Cravo Vermelho
POLICIAL
'Deu branco e não vi', diz homem que atropelou ex e o próprio bebê em MS