Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Em reunião na Fiems, setor produtivo sugere diretrizes para FCO 2020

18 junho 2019 - 08h33Fiems

A Fiems e representantes do setor produtivo de Mato Grosso do Sul reuniram-se nesta segunda-feira (17/06), no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande (MS), para alinhar as propostas e diretrizes relacionadas ao FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) em 2020.

A pauta definida em conjunto pelas entidades será apresentada à Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste) durante a reunião técnica anual do órgão, que será realizada no próximo dia 25 de junho e também terá como sede o Edifício Casa da Indústria.

A reunião anual da Sudeco tem como objetivo conhecer as demandas do setor produtivo local antes de estabelecer as diretrizes do FCO para o ano posterior, de modo a contemplar empresários da indústria e do agronegócio em busca de recursos para fomentar seus negócios e empreendimentos.

“Essa reunião que realizamos antes da reunião técnica anual é fundamental porque com base nas propostas de cada entidade é que a Sudeco decide quais vão entrar em vigor no próximo ano. Os empresários da indústria, bem como os outros setores, estarão contemplados casos nossas sugestões sejam incorporadas”, afirma a vice-presidente da Fiems, Cláudia Pinedo Zottos Volpini.

A coordenadora de incentivos fiscais e financiamentos da Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Eli Sandra Francisco, acrescentou a importância da representação dos setores na elaboração das diretrizes do FCO. "A elaboração da carta-consulta é feita após um processo conjunto, com ampla participação das entidades, e de maneira bastante detalhada. Tudo pensado de forma a resolver problemas do empresário e subsidiar empreendimentos e ações que contribuem para o desenvolvimento do Estado", afirmou.

Também participaram da reunião na Casa da Indústria representantes do Sebrae/MS, Famasul, Sedhast (Secretaria Estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) e do Banco do Brasil, que gerencia os recursos do FCO em Mato Grosso do Sul.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Em Campo Grande
MDB filia novos membros para juventude do partido
Luto
Armando Anache morre aos 91 anos no Rio de Janeiro
Campanha
Corumbaense pode descartar medicamentos em drive thru nesta quinta (23)
Em Corumbá
Abertas as inscrições para o Festival Internacional de Pesca Esportiva
"Dark Money"
Operação cumpre mandados contra esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres de Maracaju
Só piora
Cinco incêndios urbanos foram registrados nas últimas 24 horas
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Vento Forte
Figueira cai sobre residência e danifica rede elétrica no Loteamento Pantanal

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos