Menu
sábado, 16 de janeiro de 2021
Andorinha - campanha dezembro
Andorinha - Dezembro
Geral

Em reunião com o ministro da Educação, Longen demonstra preocupação com quadro atual

27 setembro 2018 - 08h38Kamilla Marques

Durante reunião dos diretores da CNI (Confederação Nacional da Indústria), em Brasília (DF), realizada na terça-feira (25/09), o ministro da Educação, Rossieli Soares, apresentou aos empresários industriais de todo o País as mais recentes políticas que estão sendo implementadas pelo Ministério da Educação (MEC), como a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o novo Ensino Médio e a Educação Tecnológica.

Para o presidente da Fiems, Sérgio Longen, que é diretor-secretário da CNI, a reunião com o ministro Rossieli Soares serviu para mostrar que o Brasil precisa urgentemente redefinir os projetos de educação em todos os sentidos. “Quando você pega os números oficiais do que é a educação brasileira, a gente assusta e vê que estamos caminhando para trás”, analisou, referindo-se aos dados apresentados durante a reunião com o ministro da Educação.

Ele ressalta que nenhum país chegar a lugar nenhum sem educação. “Nós estamos perdendo para todos os países hoje e, por isso, precisamos, primeiro, focar na Reforma da Previdência para que o Governo tenha equilíbrio nas contas públicas e, depois, em Educação para não termos um país enfraquecido. Temos o exemplo da Venezuela, onde o povo parou de estudar e o país empobreceu junto com o Governo”, detalhou.

Sérgio Longen destaca que a questão da Educação é estratégica. “O ministro demonstrou que apenas 16% da população mais pobre conclui o Ensino Médio e esse número é um absurdo, além de ser baixíssimo, ou seja, quanto menor a renda, menor é a escolaridade do trabalhador. O ensino profissionalizante, tirando o Pronatec, não recebeu nenhuma nova proposta do Governo Federal e essa questão nos preocupa bastante”, alertou, elogiando a reunião com o ministro Rossieli Soares que serviu para mostrar a situação preocupante da Educação no País atualmente.

Aproximação

O ministro da Educação também ressaltou a aproximação com a entidade que representa os empresários industriais brasileiros. “A discussão com a CNI é importantíssima. A entidade tem força para a condução não só da indústria, mas também da economia brasileira e da geração de empregos. Precisamos ouvi-los e saber se o que estamos fazendo na educação ajuda a comunicar, a dar empregabilidade ao jovem e se dá a competitividade que precisamos ter”, completou o ministro da Educação.

Rossieli Soares reforçou que competitividade e novas tecnologias estão diretamente relacionadas. “Se a nossa mão de obra, os nossos jovens cada vez mais saírem com as competências do Século 21, com tudo aquilo que o mundo inteiro tem feito, a nossa competitividade vai aumentar e teremos maior empregabilidade no Brasil”, pontuou.

O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, destacou a importância de se ter uma conversa sobre um tema primordial para o desenvolvimento do Brasil, como a educação, e confirmou os desafios do mercado de trabalho com novas tecnologias. “Hoje temos discutido muito como vai ser o emprego do futuro e o futuro do emprego. Como essas mudanças tecnológicas são tão rápidas, que você é obrigado quase que a desaprender tudo que aprendeu e aprender coisas novas na mesma velocidade”, explicou.

“Precisamos fazer com que o jovem esteja preparado para essas profissões que, às vezes, ainda não sabemos nem quais são. Você prepara o jovem para que ele possa raciocinar, decidir, tenha conhecimentos e capacidade de aprendizado para o futuro que vai chegar muito rapidamente”, finalizou o presidente da CNI.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMPREGO
Eldorado Brasil oferece mais de 800 vagas para início imediato
Em Mato Grosso do Sul, são ofertadas novas posições para atuar nas unidades de Água Clara, Inocência e Selvíria
Coronavírus
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
CONCURSO DA PF
Polícia Federal publica edital de concurso com 1,5 mil vagas
POLICIAL
Com facada no coração, rapaz é deixado em frente padaria em cidade MS
SERVIÇOS
Em período chuvoso, saiba como receber alertas da Defesa Civil por SMS
PROCESSO SELETIVO
Sebrae abre processos seletivos com vagas na Capital e interior
São dois editais, sendo um para Pessoas com Deficiência. Salários chegam a R$ 4.802,92
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Povo das Águas atende ribeirinhos da parte alta do rio Paraguai a partir do dia 19
TURISMO
Turismo de MS espera vacinação e já planeja duas campanhas para fomentar o setor
SAÚDE
Decreto reabre crédito de R$ 1,6 bi para aquisição de vacinas
CONCURSO PÚBLICO
Edição extra do Diário Oficial traz editais do processo seletivo para contratação de médico

Mais Lidas

POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no Bairro Cristo Redentor
POLICIAL
Jovem com mandado de prisão em aberto é preso no Loteamento Pantanal
CAMPANHA SAÚDE MENTAL
Janeiro Branco: Profissionais falam da importância de cuidar da saúde mental
GERAL
Energisa inicia Projeto de Eficiência Energética na Base Fluvial em Ladário