Menu
terça, 11 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Em nota, prefeito de Ladário afirma que dispositivo legal impede reajuste

02 dezembro 2016 - 10h48Redação

Com relação à paralisação dos professores da Rede Municipal de Ensino- Reme, que acontece nesta quinta-feira, 01 de dezembro, com o objetivo de reivindicar o reajuste salarial de 11,32%, o prefeito José Antonio Assad e Faria, afirma que entende a motivação dos servidores na busca do reajuste em sua data base, mas, que existem dispositivos legais que impedem que seja aplicado nesse momento.

“Entendemos a satisfação dos servidores, porque a data-base é outubro. Inclusive foi em nossa administração que esse direito foi estabelecido, antiga reivindicação dos servidores. Mas existe uma vedação legal em função dos períodos Eleitoral e de final de mandato, então estamos encontrando esses obstáculos, mas considerando que temos a nossa data base estabelecida em Lei, iremos buscar algumas jurisprudência que possam nos embasar para dar o aumento. Essa é a condição para que possamos promover o reajuste, sem isso não será possível”, explicou o prefeito.

Ainda conforme ele, daqui a 30 dias, uma nova administração estará assumindo, onde terá toda condição de negociar o reajuste com os servidores, “esse é o espirito da Lei, que a remuneração dos servidores atenda as políticas propostas quando da sua eleição”, completou.

O chefe do Executivo ladarense ainda lembrou que diferentemente da realidade de outros municípios, Ladário, está com suas contas em dias.

“Estamos caminhando para entregar ao novo prefeito, uma administração regularizada e em condições de prosseguir na trajetória para o progresso da nossa querida Ladário. Tudo isso acontece por conta de um planejamento e muito trabalho”, pontuou José Antonio.

Vale Alimentação

Outra reivindicação dos servidores é a questão do Vale Alimentação, que teve seu vencimento expirado em outubro, desse ano, e não foi renovado.

A explicação é que isso aconteceu porque todos os anos, o auxilio alimentação é renovado juntamente com o reajuste geral, como neste ano existe uma situação diferente, o vale alimentação deverá ser renovado através de Lei especifica com efeitos retroativos ao mês de novembro.

“Assim, ainda nesta sexta-feira, 02 de dezembro, estaremos enviando para a Câmara Municipal, o projeto de prorrogação do auxilio alimentação, para que seja votado tão logo, e os servidores possam receber ainda este ano”, afirmou o prefeito.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PRF apreende mais de 7 toneladas de maconha em MS
POLICIAL
PF realiza prisão por tráfico interestadual de drogas e apreende 200 kg de maconha
EDUCAÇÃO
IFMS investe no aprimoramento de atividades não presenciais
MEIO AMBIENTE
Parque Municipal de Piraputangas recebe observação de aves
HOMENAGEM
Câmara homenageia OAB de Corumbá pelo seu 63º aniversário de fundação
CIDADANIA
Abertas as inscrições para a 2ª edição do programa Juventude Empreendedora
GERAL
Após recomendação da Anvisa, Estados e prefeituras mudam vacinação de grávidas
GERAL
CPI da Covid questiona presidente da Anvisa sobre vacinas nesta terça
ECONOMIA
Produtividade cai 2,5% no primeiro trimestre de 2021, aponta pesquisa da CNI
GERAL
Maio da Diversidade LGBT+ terá mais de 100 ações do Governo MS

Mais Lidas

POLICIAL
PM encerra festa clandestina em casa abandonada e prende foragido da justiça
POLICIAL
Homem é preso por infração de medida sanitária e desobediência
POLICIAL
Casal é preso após briga no bairro Dom Bosco
POLICIAL
PRF recupera veículo e liberta homem que estava mantido em cárcere privado