Menu
quinta, 02 de dezembro de 2021
Andorinha Dezembro
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

Em MS, 1 em cada 5 infectados pelo novo coronavírus tem comorbidades

18 junho 2020 - 16h45Midia Max

Dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde) referentes aos pacientes com coronavírus (Covid-19) em Mato Grosso do Sul ajudam a desmistificar um fato referente aos infectados pela doença no Estado. Pelo menos 1 em cada 5 infectados pelo vírus no Estado tinham alguma comorbidade, isto é, um problema de saúde que pode ser agravado pela Covid-19.

Se os infectados nessa condição são minoria, o mesmo não ocorre entre os óbitos: das 39 vidas que se perderam com o coronavírus no Estado, apenas 6 não tinham relato de comorbidades, sendo que 85% eram portadores de algum problema de saúde.

De acordo com informações da plataforma Mais Saúde MS, atualizados nesta quinta-feira (18), dos 4.274 infectados pela Covid-19 no Estado, 931 pacientes tinham alguma comorbidade, ou 21,7% do total.

A asma foi a mais citada, com 307 portadores entre os pacientes de Covid-19. Hipertensão e cardiopatias aparecem com 201 casos cada. Outros 172 infectados relataram serem portadores de diabetes; 37 informaram ter imunidade comprometida e 13 confirmaram problemas renais.

Do total de pacientes, 2.281 são homens, dos quais 514 relataram comorbidades (22,5%). Entre as mulheres, a proporção é um pouco menor: há 1.993 infectadas pela Covid-19, sendo que 417 (20,9%) informaram problemas de saúde anteriores.

Conforme os dados, 2.200 pacientes já se recuperaram da covid no Estado, sedo 1.183 homens e 1.017 mulheres.

Maioria dos pacientes de coronavírus que vieram a óbito tinham comorbidades

Entre os 39 mortos, 16 já sofriam de hipertensão, em 12 casos associada ao diabetes. Esta doença ainda esteve presente em outros 6 pacientes (um com caso associado a cardiopatia e 3 a doença cardiovascular crônica).

Outros pacientes de Covid-19 que faleceram relataram episódios de pneumopatia crônica (2 casos), câncer (1), HAS (hipertensão arterial sistêmica, 3 casos), DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica, 2 casos, um deles atrelado a HAS), senilidade (1 caso) e doença renal crônica (2 casos).

Os pacientes que faleceram de Covid-19 com comorbidades foram 84,7% dos óbitos, ante 15,3% que não tinham doenças anteriores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Crescimento
MS tem 37,9 mil trabalhadores formais a mais que antes da pandemia
Polícia
'Deu Zebra' não chega nem perto de donos do jogo do bicho e policiais se revoltam em Campo Grande
Meio Ambiente
Sanesul é cobrada para eliminar descarte de lodo na região do Porto Geral
Benefício
Nascidos em dezembro têm até o dia 31 para aderir ao saque-aniversário
Infraestrutura
Recuperação de galeria no bairro cervejaria é urgente
Acidente
Motociclista sofre ferimentos em queda acidental
Inédito
Bonito recebe primeiro voo em conexão direta com Congonhas nesta quinta-feira (02)
Habitação
Decreto regulamenta projeto Lote Urbanizado e cria novas regras e prazos
Rio Brilhante
Empresários que tiveram prisão decretada na operação 'Dark Card' estão foragidos
Jovens Empreendedores
Alunos de Escolas Municipais de Porto Murtinho expõem produtos desenvolvidos em sala

Mais Lidas

Polícia
'Deu Zebra' não chega nem perto de donos do jogo do bicho e policiais se revoltam em Campo Grande
Homenagem
Rodovia MS 228, em Corumbá, recebe o nome do pecuarista Dalci Vicente Sebben
Governo
Autorizados concursos públicos para Iagro e Sedhast com 180 vagas
Rio Brilhante
Empresários que tiveram prisão decretada na operação 'Dark Card' estão foragidos