Menu
quarta, 12 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Em Brasília, 61 prefeitos do Estado anunciam apoio à reeleição do senador Moka

23 maio 2018 - 11h21Assessoria de imprensa

Reunidos em Brasília nesta quarta-feira (23), 45 prefeitos sul-mato-grossenses anunciaram apoio à pré-candidatura do senador Waldemir Moka (MDB), que disputará a reeleição. Moka foi escolhido ontem relator-geral do Orçamento da União de 2019.

Eles participaram da XXI Marcha dos Prefeitos. Outros 16 administradores que não foram a Brasília também anunciaram apoio a Moka, elevando o número para 61 dos 79 prefeitos.

Na Marcha, eles pedem aumento de 1% no Fundo de Participação dos Municípios em setembro, atualização dos programas federais, dos Consórcios e dos Regimes Próprios de Previdência Social, além de reajuste do piso do magistério e dos precatórios.

Na carta em apoio a Moka, os prefeitos afirmam que o trabalho de cada um pode ser como primeiro ou segundo voto. Nas eleições ao Senado deste ano, o eleitor poderá escolher dois candidatos.

“Não importa se o Moka será o primeiro ou segundo candidato do prefeito. O que vale é o apoio a sua reeleição”, observa o prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa (MDB), um dos organizadores do encontro com Moka.

“Nossa manifestação se baseia no comprometimento do parlamentar com as causas municipalistas. Todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul vêm sendo contemplados com aplicação de recursos federais em obras e projetos ao longo desses mais de sete anos no Senado”, diz um trecho da carta.

O documento destaca que, nos últimos sete anos, o senador Moka “conseguiu a expressiva cifra de R$ 550 milhões em emendas e recursos extraorçamentários”. Também afirma que “ Moka é um político comprometido com a ética e o respeito à coisa pública”.

De acordo com o prefeito de Vicentina, Marquinhos do Dedé (MDB), a manifestação dos prefeitos se deu de forma voluntária, como forma de retribuir o trabalho de Moka em Brasília, “um dos melhores parlamentares do Congresso em razão de sua brilhante atuação no Senado”.

Na carta, os prefeitos deixam claro que o apoio a pré-candidatura de Moka demonstra à população sul-mato-grossense que eles estão vislumbrando um futuro de realizações para os municípios.

Prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PDT) afirmou que o trabalho do senador em Brasília o respalda para disputar mais uma eleição, dessa vez com seu apoio. “O senador Moka é um orgulho para o nosso Estado”, resumiu Guerreiro, que era adversário político do emedebista.

Os prefeitos concluem a carta afirmando que “a permanência de Moka no Senado nos dá segurança de que nossas cidades continuarão a ter um olhar especial desse parceiro e que nossos projetos terão sequência nos próximos anos”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Sebrae e parceiros lançam Portal de Ecoturismo
Plataforma inédita é uma iniciativa do Sebrae em Mato Grosso do Sul para todo o País. Portal reúne conteúdos sobre Ecoturismo, Turismo de Aventura e de Natureza
OPERAÇÃO INDEPENDÊNCIA
Operação Independência apreende arma de fogo e uma pessoa é presa
COVID-19
Drive Thru de vacinação está suspenso até a chegada de novas doses
GERAL
Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G
SAÚDE
Butantan entrega mais 1 milhão de doses de vacinas contra covid-19
CIDADE
Vereadores cobram ação do Procon em relação às lojas físicas das operadoras de telefonia
EDUCAÇÃO
Prefeitura inicia entrega do kit alimentação escolar a partir do dia 19 de maio
BOLSA ATLETA
Fundesporte divulga resultado preliminar por pontuação dos candidatos
EDUCAÇÃO
Mestrado em Educação Científica e Matemática da UEMS recebe inscrições até 17 de maio
GERAL
Paulo Duarte diz que não é alvo da Operação Independência

Mais Lidas

POLICIAL
PF realiza prisão por tráfico interestadual de drogas e apreende 200 kg de maconha
GERAL
Vereador reforça necessidade de vacinar trabalhadores contra a Covid 19
HOMENAGEM
Câmara homenageia OAB de Corumbá pelo seu 63º aniversário de fundação
SAÚDE
Anvisa orienta suspensão de vacina da AstraZeneca para grávidas