Menu
quarta, 03 de março de 2021
Governo do Estado - Campanha de Março
Geral

Duas macrorregiões do Estado trabalham no limite de ocupação de leitos

14 dezembro 2020 - 11h41Portal do Governo de MS

Atualmente, duas macrorregiões de Mato Grosso do Sul operam no limite da ocupação de leitos com as internações resultantes do agravamento dos casos de coronavírus: em Campo Grande e em Dourados, é o que mostra o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde desta segunda-feira (14), do Governo do Estado.

“Estamos vivendo uma superlotação nos hospitais. Estamos trabalhando ativamente para aumentar o número de leitos, mas precisamos do apoio de toda a população. Hoje é o dia 1 do decreto que define o toque de recolher para as 22h”, ressalta o titular da pasta, Geraldo Resende.

Atualmente, na macrorregião de Campo Grande, a ocupação global de leitos UTI SUS atinge 99% e em Corumbá está em 100%. A situação também é alarmante na macrorregião de Dourados, com ocupação de 81% e em Três Lagoas, de 80%.

Com 683 novos exames positivos em 24 horas, o Estado registra 113.981 casos confirmados de coronavírus. Em um dia 18 óbitos foram registrados, com total de 1.949 mortes desde o início da pandemia.

“A semana que terminou no sábado foi a pior registrada desde o início da pandemia, com 8149 casos”, afirmou a secretária adjunto, Christina Maymone.

Em tratamento, 12.833 pessoas estão em isolamento domiciliar e 643 pessoas estão internadas, sendo que 376 estão em leitos clínicos (227 pelo SUS e 149 pela rede privada); em estado mais grave 267 pessoas estão internadas em UTI sendo 181 pelo SUS e 86 pela rede privada.

De acordo com a SES, 98.556 estão recuperadas pela doença e sem sintomas. Acesse aqui boletim da SES.

Escreva a legenda aqui

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMBATE A PANDEMIA
Vereadores buscam emendas parlamentares para aquisição de vacinas contra a Covid-19
ADMINISTRAÇÃO
Projeto de Lei prevê criação de Subprefeituras no Município de Corumbá
BOLETIM COVID
Covid-19: MS tem mais de 183 mil casos confirmados e 3,3 mil mortes
DESENVOLVIMENTO
Cinco mil pessoas que vivem em áreas remotas do Pantanal terão energia elétrica
SEM MÉDICO PERITO
INSS de Corumbá não realiza perícia médica e complica vida de trabalhadores
POLICIAL
Após briga mulheres são presas no bairro Aeroporto
POLICIAL
PM prende irmãs após briga no Popular Nova
DESAPARECIDO
Trabalhador de fazenda na Região do Paiaguás está desaparecido
ECONOMIA
Preços de produtos industrializados sobem 3,36% em janeiro
HABITAÇÃO
Durante sessão, vereador pede à Prefeitura, regularização fundiária no Jatobazinho

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
IEL oferece vagas de estágio para Corumbá e mais 5 cidades do Estado
POLICIAL
PM prende irmãs após briga no Popular Nova
POLICIAL
Após briga mulheres são presas no bairro Aeroporto
EDUCAÇÃO
Vereadores aprovam projeto do Executivo que atende professor temporário na Reme