Menu
domingo, 24 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

'DOCUMENTA PANTANAL' APRESENTA TALENTOS ARTÍSTICOS DA REGIÃO EM SÉRIE DE VÍDEOS ON-LINE

A partir de 4/12 a iniciativa lançará vídeos que mostram a riqueza cultural do pantaneiro sob curadoria da diretora executiva do Moinho Cultural, Márcia Rolón

07 dezembro 2020 - 14h31Assessoria

O Pantanal tem sido um assunto recorrente na mídia durante os últimos meses em virtude das queimadas que assolaram o bioma em proporções jamais vistas. Entretanto, muito tem sido feito para chamar a atenção sobre a importância da preservação local de forma ampla por meio de ações que incluem não apenas suas belezas naturais, mas, também, sua cultura e história. A iniciativa Documenta Pantanal, que atua na promoção de projetos em diversas áreas - entre eles ecoturismo, exposições fotográficas, publicação de livros e produção de filmes e documentários – vem se destacando neste papel e é neste cenário que será lançado o projeto ‘Artistas Pantaneiros’, que, semanalmente, lançará vídeos que apresentam as virtudes artísticas dos pantaneiros. O primeiro episódio da série chega ao público em 4/12, a partir das 18h, por meio das redes sociais da Documenta Pantanal (Facebook, Instagram e YouTube).

Mais que uma introdução à diversificada produção cultural para o público, ‘Artistas Pantaneiros’ tem por objetivo ser uma ferramenta de mapeamento do fazer artístico no Pantanal. Em vídeos curtos, de até um minuto de duração, o material configura-se como uma plataforma na criação de um olhar mais carinhoso para a região. De acordo com a diretora executiva da Documenta Pantanal, Mônica Guimarães, “uma das formas mais potentes e honestas para chamar à atenção à vida no Pantanal é a partir da demonstração de suas virtudes do dia a dia, ainda pouco conhecidas pelas demais populações do nosso país”.

Quem atua nos bastidores e na curadoria de material do projeto é Marcia Rolón, diretora do Moinho Cultural, ONG estabelecida na cidade de Corumbá. Ela, inclusive, é a personagem focada no primeiro episódio da série, em vídeo que conta um pouco da sua história enquanto bailarina e profissional de Educação Física.

Entre os artistas que serão contemplados pelo projetos estão:

 

Bianca Machado  

Atriz e produtora cultural, fundou a Cia. De Teatro Maria Mole, que participa ativamente da vida cultural do Estado do Mato Grosso do Sul e tem despertado o ofício de ator por muitos que ali encontraram o primeiro contato com a arte do palco.

 

Bolivar Porto

Fotógrafo profissional, publicitário e web-designer, há 25 anos dedica-se à fotografia nas áreas de moda, dança, publicidade, turismo e natureza. Conta com inúmeros trabalhos publicados (livros, revistas, capas de CDs, etc.) em nível regional, nacional e internacional. Nos últimos dez anos tem buscado conhecer mais profundamente o Pantanal sul-mato-grossensee e divulga suas belezas por meio de peças publicitárias e websites de diversos empreendimentos turísticos da região.

 

Jonir Figueiredo

Possui uma trajetória na arte há 40 anos, área em que explora temática calçada na iconografia pantaneira usando diversas técnicas, tendo sido premiado em diversos salões de arte em Mato Grosso do Sul e pelo Brasil.

 

Lucia Martins Coelho Barbosa

Há mais de 42 anos atua na área com o manejo de acrílico, pastel seco, aquarela e técnicas mistas. Já expôs suas obras em Portugal, Itália, França, EUA, Japão e Paraguai e recebeu diversas premiações. Em 2016, criou o Múltiplo Ateliê, que mistura arte com gastronomia, dança, yoga e audiovisual.

 

Marlene Mourão

Serigrafista, ilustradora, pintora e escritora. Já circulou com sua obra pelo projeto Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras, recebeu o prêmio Helísa Urt e foi uma das homenageadas em uma das edições do FASP – Festival América do Sul do Pantanal, dada a importância e relevância de suas composições artísticas.

 

Salim Haqzan

Formado em Artes Cênicas / Interpretação pela Escola de Teatro Macunaíma em São Paulo (1993), é ator e diretor do GETT - Grupo de Experimentos e Truques Teatrais em Corumbá. Atua ministrando workshops e oficinas de teatro para todas as idades e na formação de professores. Em sua técnica, facilita a utilização do corpo do docente em sala de aula, o estímulo à leitura pela contação de histórias e o teatro como ferramenta crucial na educação formal e informal.

 

Sebastião Brandão

Premiado pelo Ministério da Cultura com o Prêmio Culturas Populares, já viajou muito para compartilhar seu conhecimento em oficinas pela Funarte, Iphan, UEMS e no Festival América. Desde 2010 recebe alunos do mundo todo em busca de seus saberes, principalmente sobre viola caipira e produção de cinema.

 

Acompanhe o conteúdo do projeto nos perfis @documentapantanal do Instagram, Facebook Youtube e tenha informações detalhadas sobre demais iniciativas no site http://documentapantanal.com.br/

 

SOBRE O DOCUMENTA PANTANAL

 

Registrar, documentar e valorizar a cultura e a natureza pantaneiras por meio da promoção de atividades em prol da difusão do conhecimento e da preservação. A partir dessa proposta, a iniciativa ‘Documenta Pantanal’, após um ano de atuação, reafirma seu papel de contribuir para o desenvolvimento de ações multimídias (exposições, livros, vídeos e documentários, por exemplo) que, mais do que celebrarem a beleza e a biodiversidade desse ecossistema, pretendem chamar a atenção da sociedade para a urgência em conhecer e preservar este patrimônio da Humanidade. Ao apoiar pesquisas, compartilhar conhecimentos científicos e manifestações tradicionais da cultura do Pantanal, o Documenta busca contribuir para a adoção e a valorização de uma visão de desenvolvimento sustentável na agricultura, na pecuária e no turismo de qualidade. A iniciativa reúne estudiosos, empresários, artistas e produtores para, em conjunto, alertar a sociedade para as questões primordiais desse bioma.

http://documentapantanal.com.br/

https://www.instagram.com/documentapantanal/

https://www.facebook.com/documentapantanal/  

 

PARTICIPANTES DO ‘DOCUMENTA PANTANAL’

 

ORGANIZAÇÃO

João Farkas – Mônica Guimarães – Sandro Menezes Silva – Teresa Cristina Ralston Bracher

 

Acaia Pantanal – Associação Onçafari – Agrotools – Araquém Alcântara – Bichos de Pantanal – Cenap – ICMbio – Chef Paulo Machado – Claudia Gaigher – Editora Vento Leste –  Embrapa Pantanal – Fazenda Barraco Alto – Aquidauana /MS – Fazenda Fazendinha – Aquidauana/MS – Fazenda Figueiral – Corumbá/MS – Fazenda Santa Tereza – Corumbá/MS – Fazenda São Camilo – Corumbá/MS – Fazenda São Francisco do Perigara – Barão de Melgaço/MT – Fazenda Vera Lúcia – Aquidauana/MS – GreenBond – Instituto Agwa – Instituto Arara Azul – Instituto Delta do Salobra – Instituto Homem Pantaneiro – Jorge Bodanzky – Lawrence Wahba – Lucia Martins Coelho Barbosa – Luciano Candisani – Márcia Hirota – Marina Klink – Marina Lutz – Maurício Copetti – Miguel Milano – Moinho Cultural de Corumbá – Onças do Rio Negro – Panthera Brasil – Porto São Pedro – Corumbá/MS – Raquel Machado – Rede Nacional Pro Unidades de Conservação – Refúgio Ecológico Caiman – Miranda/MS – RPCSA – Rede do Amolar – Renato Roscoe – Silas Ismael – Sindicato Rural de Corumbá – SOS Pantanal – SOS Taquari – Sophia Rondon

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Dois turistas são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória no rio Miranda
Alerta
Últimos dias para inscrições em editais da Funarte
Imunização
Quem pode se vacinar contra Covid neste fim de semana
1 hora a menos
Agepan defende o retorno do horário de verão para economia de energia em MS
74 vagas
Concurso público da Sanesul recebe inscrições até 11 de novembro
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19
Orientação
O que fazer para prevenir problemas durante e após temporais
CNH MS Social
Programa de habilitação gratuita já tramita na Assembleia Legislativa
Tempo
Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS
Precaução
Tradicional Procissão Fluvial é cancelada devido previsão de mal tempo

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19