Menu
segunda, 12 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
MOBILE - Ambiental MS Pantanal - Aegea
Geral

Detentos de três presídios protestam contra treinamento de Agentes

14 abril 2016 - 10h22Correio do Estado
Movimento aparentemente coordenado nos presídios de Dourados, Corumbá e na Máxima, em Campo Grande, colocou em alerta agentes penitenciários desde o começo da noite desta quarta-feira (13). Os presos dessas unidades estão batendo nas grades e causando grande barulho. O ato seria uma forma de protesto. Nessas três cidades há presença de organização criminosa dentro dos presídios. O motivo, pelo que a reportagem apurou, seria contra uma demonstração feita na tarde desta quarta na Máxima de curso que 78 agentes penitenciários realizaram sobre intervenção rápida, para justamente conter tumultos antes mesmo que a Polícia Militar seja chamada. A ação, mesmo que de treinamento, teria desagradado os presos e gerado tumulto. A redação do Correio do Estado recebeu ligação de familiares de presidiários criticando a iniciativa. As pessoas acreditavam que se tratava de uma atividade de repressão, e não apenas uma aula. Essa capacitação foi oferecida pela Agência Estadual de Administração Penitenciária (Agepen), por meio da Escola Penitenciária e com o apoio da Fundação Escola de Governo. A formação dos profissionais acontece nesta quinta-feira (14), às 07h30, na dependências do 20º Regimento de Cavalaria Blindada do Exército, em Campo Grande. O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, e o diretor-presidente da Agepen, Airton Stropa, estarão presentes no evento. O 1º curso de treinamento para intervenção rápida, contenção, vigilância e escola do sistema penitenciário de Mato Grosso do Sul foi ministrado pela Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (DPOE) e é considerado o melhor do Brasil. A assessoria da Agepen informou que não houve tumulto que deveria gerar preocupação, pois foi apenas uma demonstração. Os agentes penitenciários ainda programam greve em todo o Estado a partir de 2 de maio, para cobrar o governo do Estado sobre falta de estrutura para a categoria e reajuste insatisfatório.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no bairro Maria Leite
GERAL
Sindicato Rural de Corumbá contesta o relatório dos incêndios no Pantanal do MP
SAÚDE
Corumbá inicia a primeira etapa e vacinação contra Influenza
GERAL
Alterações no Código Brasileiro de Trânsito começam a valer
FECHAMENTO DA FRONTEIRA
Comerciantes amanhecem com protesto na Fronteira Brasil-Bolívia
GERAL
Receita adia o prazo de entrega da Declaração de Imposto de Renda
MUDANÇAS NO CTB
Agora, crianças com até dez anos dependem de altura para uso de cadeirinha
GERAL
Carro sai da pista na BR 262 e passageiro fica ferido
GERAL
Acidente deixa condutor de moto ferido no Popular Velha
Geral
Entenda o que é gamificação e como ela pode ajudar o seu negócio

Mais Lidas

POLICIAL
Marido ameaça mulher, quebra objetos da casa e põe culpa em macumba
POLICIAL
Casal vai para a delegacia após briga no Popular Nova
SAÚDE
Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda
POLICIAL
PM captura foragido e aborda motociclista sem CNH no Guaicurus